(031) 3195-0580
4infra

A importância da gestão de TI recorrente

A importância da gestão de TI recorrente

A tecnologia hoje faz parte do cenário de quase todas as empresas, sendo inimaginável que algumas delas consigam sobreviver sem as soluções digitais. É por isso que a gestão de TI recorrente é tão importante: o setor é peça chave para melhorar o desempenho da organização e aumentar a produtividade (e a credibilidade) do negócio.

Isso porque, honestamente, não adianta ter vários tipos de recursos tecnológicos de última geração e não ter a menor ideia do que fazer com eles. A gestão de TI recorrente permite não só o planejamento detalhado das ações, mas, também, o monitoramento frequente de todos os ativos presentes na companhia.

Nesse tipo de gerenciamento, o responsável pesquisa por falhas em sistemas e aplicações, observa pontos de melhoria e busca inovações tecnológicas para que a organização tenha sempre os melhores resultados.

Para que você entenda melhor a gestão de TI recorrente, vamos apresentar o resultado de fatores que fazem dela um procedimento tão fundamental para as empresas:

Redução de custos

A redução de custos é uma das grandes preocupações das empresas, e a gestão de TI recorrente pode ser a saída para evitar gastos desnecessários e equilibrar as contas.

Funciona assim: softwares e hardwares são responsáveis por aumentar a eficiência dos processos, dando mais agilidade e segurança à atividade. Mas, com o passar do tempo, as ferramentas podem se tornar ineficazes devido a diversos fatores, como versão desatualizada, programas corrompidos e até mesmo o desgaste natural dos equipamentos (ou, em outras palavras, a obsolescência programada).

Tais acontecimentos reduzem a produtividade, aumentam os custos operacionais e colocam a segurança dos dados em risco. Contudo, eles podem ser facilmente evitados com a gestão de TI recorrente, já que ela atua na identificação de gargalos que prejudicam o progresso das etapas de produção e administração.

Processo de inovação garantido

Ao acompanhar periodicamente os recursos de TI, a gestão responsável consegue identificar o melhor momento para investir em inovação, implementando recursos corporativos mais econômicos, seguros e funcionais.

É importante lembrar que a tecnologia não pode ser considerada um serviço frívolo; softwares e hardwares não são simples produtos que tiramos da embalagem, instalamos e nunca mais mexemos ali. Lembre-se: o mundo digital está em constante mudança, estimulando a gestão de TI recorrente a buscar práticas inovadoras que viabilizem processos, reduzam erros e otimizem o tempo de trabalho.

Melhora da eficiência

Imagina trabalhar em um ambiente em que a rede oscila o tempo todo, os programas travam ou os arquivos demoram uma eternidade para abrir... se identificou? Pois é. Além de deixar os colaboradores irritados com a falta de agilidade, ela opera em desfavor à empresa.

Um trabalho que talvez fosse entregue em duas horas pode levar quase o dia inteiro para ser concluído, impactando diretamente no resultado do negócio.

Ao fazer a gestão de TI recorrente, o profissional é capaz de visualizar falhas e corrigi-las antes de causar qualquer problema operacional e prejuízo para a organização, aumentando a eficiência do setor de tecnologia.

Possibilita o trabalho colaborativo

Quantas histórias já ouvimos ou presenciamos de funcionários que foram desligados das empresas e levaram com eles todas as informações relativas a clientes, fornecedores, pagamentos e relatórios? Nesse cenário, quem fica pode se encontrar perdido, sem nem saber por onde começar a compilar as informações novamente.

Ao utilizar recursos tecnológicos avançados e baseados em nuvem, há uma descentralização do trabalho e do acesso à informação. Os registros são armazenados em locais monitorados e com maior circulação dos dados.

Com as informações disponíveis e organizadas em um ambiente corporativo, a cultura acaba se transformando, sensibilizando os funcionários a trabalhar de forma colaborativa, contínua e com foco no resultado.

A importância da gestão de TI recorrente vai além da simples troca de componentes; ela oferece ao negócio a oportunidade de se aprimorar, inovar e ter mais credibilidade junto a clientes, parceiros e fornecedores.

 

Se você quer entender mais sobre esse assunto e implementar o conceito em sua organização, venha conversar com os especialistas da 4Infra! Somos uma empresa de consultoria de TI que auxilia empresas na cultura de uma gestão de TI mais eficiente e estratégica.


29 de janeiro de 2021

Próximos Artigos
Deixe uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe este artigo

Assuntos Relacionados
HDD e SSD: saiba a diferença e qual usar no seu servidor
30 de agosto de 2021
Entenda a importância do RTO e RPO
27 de agosto de 2021
Conheça as vantagens da Rede Social Corporativa e Intranet
25 de agosto de 2021
Ataque DDoS: saiba como proteger sua empresa!
23 de agosto de 2021
1 2 3 111
chevron-down