(031) 3195-0580
4infra

Backup em nuvem ou Dropbox?

Backup em nuvem ou Dropbox?

As informações de uma empresa podem ser consideradas um dos seus maiores ativos. É a partir de cadastros de clientes e fornecedores, projetos, pesquisas, contas bancárias, registros e demais dados que as equipes montam os fluxos de trabalho, definem metas e objetivos, propõem diretrizes e estratégias.

Para que esses dados funcionem a favor do negócio, é preciso que os arquivos estejam em segurança e permitam consultas em qualquer lugar, e de qualquer dispositivo. Por isso, os serviços de backup em nuvem são um bom recurso a todos os tipos de organizações, evitando a guarda dos dados em dispositivos físicos, como pendrive e HD externo.

No entanto, na hora de escolher o serviço remoto, o administrador pode ficar indeciso, principalmente com a oferta freemium (que é gratuita até certo ponto e passa a ser paga a partir de um volume X). Esse é o caso do Dropbox, um repositório extremamente popular entre empresas e pessoas físicas para o armazenamento de dados importantes.

Mas será que o Dropbox é um backup em nuvem completo? Ou seria ele um antagonista a esse serviço?

A importância do backup em nuvem

Já parou para pensar em quantas informações sua empresa gera por dia? Agora imagine que, ao final do expediente, você tenha que separar os arquivos, classificar, separar por área e arquivar todos os dados em algum dispositivo físico.

Além da perda de tempo, esse tipo de solução é arcaico e pouco seguro.

Recursos físicos são passíveis de roubos, danos e acidentes, o que pode provocar sérias consequências para as organizações. O backup em nuvem veio para resolver esses problemas, em uma dinâmica onde a empresa contrata um provedor para armazenar os dados sob demanda, com capacidade e custos just in time.

Dessa maneira, não é necessário investir em estrutura física, já que os dados vão estar seguros na nuvem e podem ser acessados pela internet a qualquer hora e de qualquer lugar.

O backup em nuvem é um serviço de armazenamento remoto que armazena e cria cópias dos arquivos. Com isso os dados ficam seguros, mesmo que haja exclusão de documentos, problemas com HD ou acidentes com máquinas e servidores.

Esse recurso proporciona integridade dos dados, mesmo que o acesso seja realizado fora dos servidores da empresa. Além disso, todos os apps, arquivos e softwares importantes ficam protegidos de qualquer situação contrária, como vírus, desastres naturais e tentativas de extravio.

Mais que simplesmente guardar os dados em um ambiente virtual, o backup em nuvem traz outros benefícios de grande valia para as organizações. Estamos falando da frequência de backups, que podem ser diários, semanais, mensais e anuais. Isso cria um histórico dos dados arquivados, onde é possível guardar todas as versões e modificações feitas pelos usuários ao longo do tempo.

Como funciona o Dropbox

Quando se pensa em backup em nuvem, logo nos vem à mente o Dropbox. Esse provedor é utilizado para uso pessoal e empresarial, dependendo da demanda de cada cliente. Ele é bastante útil no arquivamento de fotos e documentos importantes, fazendo com que o dono da conta tenha acesso ao acervo sempre que precisar.

No entanto, ao se decidir pelo Dropbox, é preciso considerar algumas características do recurso para não se arrepender depois. Embora seja uma ferramenta estável e com boas soluções em alguns quesitos, em outros ela pode decepcionar.

Pra começar, a assinatura padrão vem com 2 TB de armazenamento, espaço que pode não ser suficiente para muitas empresas. O problema é que, para obter recursos de segurança mais apurados e verificação de domínio é necessário migrar o plano para uma versão avançada – e, por consequência, mais cara.

Caso essas soluções de segurança façam sentido para o seu tipo de empreendimento, o Dropbox não é a ferramenta mais econômica.

Outro ponto crucial para as empresas, em termos de armazenamento em nuvem, é a sincronização dos documentos. O que é isso? Todas as vezes que você altera os dados de um determinado arquivo o sistema entende as mudanças, mas guarda todos os históricos.

No caso do Dropbox, ele só mantém as versões anteriores por no máximo 30 dias. Se o usuário necessita ter esse histórico por mais tempo, precisa pagar pelo upgrade do serviço.

A solução para as demandas corporativas é o backup em nuvem completo. Além de todos os benefícios do armazenamento em nuvem, ele acompanha todas as modificações dos documentos, podendo ou não colocar prazo.

Se você procura soluções de backup em nuvem com custo baixo, escalável e que espelhem seus sistemas internos satisfatoriamente, é indispensável contar com a consultoria de especialistas nessa escolha.

Para buscar algo que atenda a sua demanda, entre em contato com a 4Infra. Nossos consultores vão te ajudar nessa decisão, indicando a ferramenta que melhor vai atender as necessidades da sua empresa.


1 de fevereiro de 2021

Próximos Artigos
Deixe uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe este artigo

Assuntos Relacionados
HDD e SSD: saiba a diferença e qual usar no seu servidor
30 de agosto de 2021
Entenda a importância do RTO e RPO
27 de agosto de 2021
Conheça as vantagens da Rede Social Corporativa e Intranet
25 de agosto de 2021
Ataque DDoS: saiba como proteger sua empresa!
23 de agosto de 2021
1 2 3 111
chevron-down