(031) 3195-0580
4infra

Venha conhecer o Wi-Fi 6!

Venha conhecer o Wi-Fi 6!

Venha conhecer o Wi-Fi 6, o novo padrão de internet sem fio que veio para revolucionar o mercado de tecnologia e da transmissão de dados.

Saiba mais sobre o Wi-Fi 6, suas principais características e inovações e entenda melhor sobre o funcionamento dos padrões de compartilhamento de internet sem fio.

A nomenclatura do Wi-Fi

O Wi-Fi que utilizamos frequentemente todos os dias nada mais é que um sinônimo para o nome técnico IEEE 802.11. Esse nome é referente à padronização de transmissão de dados de codificação sem fio e possui várias divisões segundo suas frequências, padrões de transmissão e codificação, que vão surgindo conforme a tecnologia avança.

Porém, por conta da sua dificuldade, esses nomes técnicos não são muito utilizados pelo público em geral e as nomenclaturas foram simplificadas e padronizadas por meio ne números, chegando atualmente na sua última versão, o padrão Wi-Fi 6 (802.11ax).

O Wi-Fi 6

O “Wi-Fi 6” é a sexta geração da tecnologia wireless, que começou a surgir no mercado nesse ano de 2019. Esse novo padrão de Wi-Fi promete uma série de melhorias e benefícios para seus usuários. Confira as mais importantes:

Velocidade

A velocidade estimada que a rede pode chegar é de 14 gigabits por segundo, sendo mais frequentemente na prática a média 10 a 12 Gb/s. Essas velocidades são cerca de 30 a 40% mais do que a versão anterior do Wi-Fi.

Taxas de transferência

Em conjunto com a velocidade, as taxas de transferência também aumentam, passando de 866 Mb/s para 1201 megabits por segundo.

Frequência

Esse quesito é um dos principais diferenciais desse novo padrão de Wi-Fi, afinal ele pode funcionar em duas frequências, tanto em 2.4 GHz quanto em 5 GHz, ao contrário do Wi-Fi 5 que funcionava apenas em 5 GHz.

Múltiplas Bandas e canais

Os roteadores próprios para o Wi0Fi 6 podem se dividir em diversos canais por meio de uma divisão de frequência ortogonal.  Dessa forma é possível que o roteador se conecte a um número maior de dispositivos de maneira simultânea, sem prejudicar a velocidade da transmissão e sem causar interferências no sinal.

Eles também têm um controle maior sobre o uso de dados, fazendo um mapeamento da rede, podendo destinar uma banda maior para diferentes dispositivos segundo suas necessidades de uso.

Menor consumo de energia

A tendência é que o Wi-Fi 6 necessite de um menor consumo de energia pois, com a ajuda do mapeamento de dispositivos e da rede, existe também uma troca de informações sobre o uso e um controle do tempo.

A partir desses dados, ele pode programar para hibernar o transmissor de dados em diferentes momentos do dia e consequentemente diminuir a necessidade de gastar energia, o que é uma excelente ajuda principalmente para dispositivos que funcionam à bateria.

Maior segurança

Como todas as tecnologias mais frequentes, a preocupação com a segurança aumentou. No Wi-Fi 6 existem novos certificados de segurança que impede o acesso não autorizado e aumenta a dificuldade de rastreamento, dando mais garantias e segurança aos seus usuários, mesmo em redes sem senha.

Mas existe um porém...

Por outro lado, O Wi-Fi 6 ainda não está disponível para todo o público e nem todos os equipamentos e dispositivos estão configurados para aceitar esse novo padrão de tecnologia. Dessa forma, será necessário trocar seu roteador, celulares, notebooks e smart tvs, por exemplo. Mas não se preocupe, não é preciso começar essa troca agora!

Como esse padrão ainda está no começo, as mudanças serão feitas de forma gradual e pode levar um tempo até que você realmente tenha que comprar novos dispositivos no novo padrão.

Você pode saber mais sobre as características, especificações técnicas e outras informações avançadas no próprio site da Wi-Fi Alliance.

Gostaria de saber mais sobre as mudanças que o Wi-Fi 6 vai trazer para o seu dia a dia ou como aplicar essa tecnologia em casa ou na sua empresa? Conte com a ajuda de uma consultoria especializada da 4infra para tirar todas as suas dúvidas e te ajudar nesse processo!


30 de setembro de 2019

Próximos Artigos
Deixe uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe este artigo

Assuntos Relacionados
HDD e SSD: saiba a diferença e qual usar no seu servidor
30 de agosto de 2021
Entenda a importância do RTO e RPO
27 de agosto de 2021
Conheça as vantagens da Rede Social Corporativa e Intranet
25 de agosto de 2021
Ataque DDoS: saiba como proteger sua empresa!
23 de agosto de 2021
1 2 3 111
chevron-down