(031) 3195-0580
4infra

Dicas para reduzir o tempo de parada em TI

Dicas para reduzir o tempo de parada em TI

Sabe aquela velha máxima de que o sistema está fora do ar? Esse tempo de parada de TI irrita qualquer um. Muita gente perde um tempo enorme em filas de caixa eletrônico, supermercado ou até em escritórios esperando o tal sistema voltar a funcionar.

Quando o colaborador trabalha em uma demanda urgente e a rede cai, sem hora para voltar, é sinal de perda de produtividade e, potencialmente, aumento de prejuízo. Problemas como esses interferem de forma negativa nos resultados e na imagem da empresa, já que ela perde muito tempo de parada em TI e, na informação, qualquer pausa pode causar grandes estragos.

Na contramão desse aperto, o monitoramento pode ser a solução para reduzir esse tempo de parada. Há gestores que acreditam que para resolver esse imbróglio é preciso investir em softwares mais robustos, mas esse nem sempre é o caso. O problema é que sem acompanhamento, até mesmo aplicações mais sofisticadas podem parar.

Para aumentar a produtividade do negócio e manter a rede, os programas, sites e demais sistemas sempre disponíveis, o recomendado é fazer o monitoramento constante para a prevenção de quaisquer problemas, evitando assim o tempo de parada.

Formas de reduzir o tempo de parada em TI

Em um primeiro momento, isso pode até parecer confuso e difícil de assimilar: é pra investir em monitoramento presencial ou remoto? Softwares ajudam ou atrapalham? Quem não vive diariamente a TI pode se perder facilmente no meio de tantas possibilidades.

Por isso, relacionamos algumas dicas com o intuito de evitar completamente a parada em TI ou, pelo menos, reduzir o tempo em que a infraestrutura deixa de funcionar. Segui-las é imprescindível para a conquista de bons resultados.

Definição de métricas

Estabelecer formas de mensurar o problema é essencial para definir e planejar estratégias de monitoramento.

As métricas devem envolver a parte técnica, produtividade do sistema e até mesmo o desempenho dos colaboradores. Afinal, não podemos descartar a hipótese de que o manuseio errado do software pode deixá-lo inoperante.

Faça um inventário dos ativos de TI

Se você vai monitorar as paradas em TI da sua empresa, o interessante é inventariar tudo, listando os ativos que fazem parte da infraestrutura corporativa. Pode colocar no relatório os servidores, aplicações, softwares, sistemas, programas, hardwares e todos os demais componentes tecnológicos que o negócio utilizar.

Sugerimos que a listagem seja organizada por ordem de importância. Isso é, a prioridade no monitoramento vai começar sempre pelos ativos mais críticos, o que facilita o funcionamento e a gestão de toda infraestrutura de TI.

Gerenciar configurações

Se você quer se livrar da lentidão, atrasos e paradas em TI, o ideal é fazer o gerenciamento das configurações. Esse recurso altera as regras de firewall e instala dispositivos, além de outras ações que podem auxiliar no bom funcionamento do sistema.

Essa é uma estratégia interessante: com base nesses procedimentos, a TI consegue monitorar qualquer ação do usuário. Assim, impede que pessoas não autorizadas tenham acesso à rede, garantindo mais segurança e estabilidade à infraestrutura.

Criar relatórios de performance

O monitoramento possibilita acesso, em tempo real, aos indicadores de desempenho da TI. Esses dados são essenciais para o desenvolvimento de relatórios que permitem aos executivos a tomada assertiva de decisões, tanto para o gerenciamento quanto para o desempenho de todo aparato tecnológico.

De maneira geral, empresas que monitoram as paradas inesperadas na infraestrutura de TI são mais produtivas, mais eficientes e garantem a satisfação dos seus clientes. Isso porque as ações evitam que o sistema fique inoperante por horas, causando transtornos operacionais e prejuízos financeiros.

 

Se você tem interesse em reduzir o tempo de parada em TI e sente dificuldade de seguir as nossas dicas por conta própria, não se preocupe: a 4Infra pode te ajudar. Somos uma empresa de consultoria em TI que oferece soluções de forma prática, confiável e aderente ao seu orçamento.

Venha conversar com um de nossos consultores!


22 de janeiro de 2021

Próximos Artigos
Deixe uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe este artigo

Assuntos Relacionados
HDD e SSD: saiba a diferença e qual usar no seu servidor
30 de agosto de 2021
Entenda a importância do RTO e RPO
27 de agosto de 2021
Conheça as vantagens da Rede Social Corporativa e Intranet
25 de agosto de 2021
Ataque DDoS: saiba como proteger sua empresa!
23 de agosto de 2021
1 2 3 111
chevron-down