(031) 3195-0580
4infra

Entenda a importância do RTO e RPO

Entenda a importância do RTO e RPO

Todos os dias, empresas de vários setores correm o risco de passar por situações de perigosas e nocivas para o seu funcionamento. Para manter as informações e dados seguros essas duas siglas são extremamente importantes: RTO e RPO. 

Relacionadas a processos onde pode acontecer a perda total de dados, os termos fazem parte das soluções de prevenção, como restore e o processo de backup. O RTO e o RPO são métricas que medem a eficácia de políticas internas voltadas para a proteção de dados. 

Por isso, são tão importantes para as empresas que priorizam a segurança. Afinal, toda a organização está exposta a situações que envolvem desde software maliciosos até a perda total de um sistema. 

O que são RTO e RPO? 

Como pontuamos anteriormente, as siglas estão ligadas a métricas. Dessa forma, o Recovery Time Objective, também conhecido pela sigla RTO, observa o tempo máximo que as informações de uma empresa ficarão indisponíveis até que aconteça a recuperação do backup.

Em contrapartida, o RPO é a abreviação de Recovery Pont Objective. Assim, a métrica apresenta o número de recursos mínimos que precisam ser recuperados no backup. 

Esse dados estão relacionados a forma como a organização regulamenta o armazenamento. Ou seja, de acordo com a frequência de backup, essa métrica pode medir também a quantidade de perda de dados com o acidente.

Os dois índices também são capazes de calcular o tempo que irá demorar para que seu negócio retomar as atividades. Alguns fatores são capazes de afetar o resultado final desse cálculo. 

Um bom exemplo é a quantidade de informações que precisam ser salvas, além da periodicidade adotada pela empresa no processo de backup. Dessa maneira, as duas métricas conseguem ajudar o líder de uma empresa a determinar a quantidade de arquivos que precisam ser salvos. 

Ou seja, o empreendimento pode optar pela retomada rápida das atividades ao recuperar apenas arquivos essenciais. Para o negócio também existe a possibilidade de salvar todas as informações e demorar mais tempo para voltar a rotina. 

A importância dos índices RTO e RPO para empresa

Por ser duas ferramentas capazes de mensurar riscos e cenários, o RTO e RPO são como um “norte”. Eles irão ajudar a empresa a planejar os próximos passos. Ao medir esses dois dados, as lideranças conseguem analisar o cenário após um caso de desastres. 

Com essas informações em mãos, o presidente de uma empresa, por exemplo, pode definir margens seguras para o retorno das atividades da empresa. Ele também pode prever os prejuízos do desastre para a empresa. 

Cada uma das siglas possuem ações diferentes no momento de acidentes. Enquanto o RTO atua na busca de soluções para minimizar os prejuízos com ações ágeis, o RPO se apresenta como um plano alternativo para a organização. 

Em um cenário de desastre para a empresa, o RTO irá sinalizar para estratégias que irão priorizar a  para a  recuperação de mais informações. Ou seja, a ação será  voltada para a redução de obstáculos. 

Por outro lado, o RPO aponta para algumas possibilidades que irão prezar a rapidez no retorno da rotina da empresa. Dessa forma, apenas dados mais importantes e fundamentais passarão pelo processo de backup. 

Além do RPO e RTO, outro processo fundamental é o desenvolvimento de um plano de recuperação para desastres. Confira a publicação sobre o tema no blog da 4infra.


27 de agosto de 2021

Próximos Artigos
Deixe uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe este artigo

Assuntos Relacionados
HDD e SSD: saiba a diferença e qual usar no seu servidor
30 de agosto de 2021
Entenda a importância do RTO e RPO
27 de agosto de 2021
Conheça as vantagens da Rede Social Corporativa e Intranet
25 de agosto de 2021
Ataque DDoS: saiba como proteger sua empresa!
23 de agosto de 2021
1 2 3 111
chevron-down