(031) 3195-0580
4infra

Malware em pequenos negócios: vale a pena se preocupar?

Malware em pequenos negócios: vale a pena se preocupar?

Nenhuma empresa quer ser vítima de ataques cibernéticos. Mas, recentemente, temos visto muitos ataques a grandes negócios e governos. Se os hackers atacam até mesmo os gigantes, como não se preocupar com malware em pequenos negócios?

Esses softwares maliciosos, que podem ser vírus, worms e cavalos de Tróia, realizam tarefas maliciosas intencionalmente em um sistema informático, o que pode comprometer o valor da empresa, uma vez que compromete um importante ativo, que é a informação.

Veja a seguir 3 motivos pelos quais você precisa se preocupar com a presença desses softwares.

Pequenas empresas são mais vulneráveis a malware

As pequenas empresas, em geral, alegam uma limitação de recursos financeiros não presente nos grandes negócios. Por esse motivo, nem sempre possuem um profissional de tecnologia da informação disponível 24 horas por dia, pessoa que tem conhecimento em cibersegurança para cuidar da proteção dos dados.

Apesar disso, é preciso ter em mente que a proteção de malware em pequenos negócios passa por uma estratégia realizada pelo profissional de TI. Não basta uma configuração automática genérica: é preciso conhecer os detalhes do negócio para se traçar as ações necessárias para proteger a informação. Os dados empresariais são um ativo importante, cuja proteção não pode ser negligenciada.

A vulnerabilidade de uma empresa são as fraquezas e falhas ocorrentes durante a idealização, implementação, gestão ou operação de um ativo ou controle. Com a ausência desse profissional e sem as estratégias preventivas (como avaliação de risco e ações para minimizá-los), é possível entender porque as pequenas empresas são mais vulneráveis.

Pequenas empresas não possuem backup

Parte da vulnerabilidade das pequenas empresas está associada à ausência da política de backup. Esse é mais um motivo para se preocupar em como os malwares em pequenos negócios podem fazer grandes estragos.

O backup é a cópia de segurança dos dados. Considerando que as informações são estratégicas em uma empresa, elas devem estar sempre disponíveis para a tomada de decisões e para o atendimento ao cliente.

Diante de um incidente, como o ataque cibernético, a disponibilidade dos dados pode ficar comprometida caso não exista uma política de backup eficiente. Isso aumenta consideravelmente a chance do criminoso receber pelo resgate da informação (ataque de ransomware).

Por outro lado, uma empresa que realiza backups automáticos está mais protegida.

O custo de prevenção é baixo

Se, por um lado, o pequeno empresário realmente tem recursos limitados para investir em seu setor de TI, por outro, ele deve saber que o custo da prevenção de malware em pequenos negócios é baixo atualmente. A pequena empresa deve considerar esse custo, inclusive, como um investimento.

Como dissemos anteriormente, a política de backup previne a indisponibilidade de dados. Diante de uma ameaça virtual que requer dinheiro pelo resgate de dados, o empreendedor não precisaria se preocupar, pois possui cópias de segurança. Imagine o arrependimento de um empresário que não investe em cibersegurança ao ter que oferecer dinheiro a criminosos para ter acesso a suas informações?

No mesmo sentido, outras ferramentas, como o firewall, possuem bom custo benefício. Esse equipamento é importante para a segurança de dados, pois consegue afastar softwares maliciosos. Em outras palavras, firewalls são eficazes contra os ataques e invasões de hackers. Eles cuidam da segurança de todo ambiente contra quebra de segurança na rede, tornando o ambiente mais seguro e confiável.

Os malwares em pequenos negócios podem manchar a reputação da empresa e colocar seus ativos em risco. Por esse motivo, a dica mais valiosa que se pode dar a este tipo de empresa é cuidar da infraestrutura de TI para evitar os ataques maliciosos.

Uma consultoria com profissionais competentes é o primeiro passo para acabar com as vulnerabilidades das pequenas empresas. Você já conhece esse serviço?


15 de fevereiro de 2018

Próximos Artigos
Deixe uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe este artigo

Assuntos Relacionados
HDD e SSD: saiba a diferença e qual usar no seu servidor
30 de agosto de 2021
Entenda a importância do RTO e RPO
27 de agosto de 2021
Conheça as vantagens da Rede Social Corporativa e Intranet
25 de agosto de 2021
Ataque DDoS: saiba como proteger sua empresa!
23 de agosto de 2021
1 2 3 111
chevron-down