(031) 3195-0580
4infra

Malwares: por que você vai precisar se preocupar com eles em 2018

Malwares: por que você vai precisar se preocupar com eles em 2018

Empresas, governos e pessoas aumentaram sua preocupação em relação à segurança de dados, especialmente depois dos complexos ataques cibernéticos dos últimos anos. Os malwares se tornaram um ótimo motivo para aumentar o investimento em TI, especialmente no que diz respeito à privacidade e à segurança da informação.!

O que são malwares?

Malware é uma abreviatura de palavras utilizada para indicar "software malicioso". Vírus, worms e cavalos de Tróia são os três tipos conhecidos de malware que realizam tarefas maliciosas intencionalmente em um sistema informático.

Quando um sistema é infectado por este código malicioso, pode ocorrer roubo de informações sigilosas, o que acarretaria perda econômica relevante para uma empresa.

Panorama dos ataques cibernéticos em 2017

No ano de 2017, houve um alto número de incidentes cibernéticos. Empresas conhecidas mundialmente anunciaram falhas em seus sistemas, o que impactou em milhões de pessoas ao redor do mundo. Sem contar as relações de espionagem entre os países, criando uma verdadeira atmosfera de guerra cibernética.

O principal ataque do ano passado foi o ransomware “Wanna Cry”. Seu objetivo era restringem o acesso ao sistema, e o reestabelecer somente mediante o pagamento de um resgate. Na ausência de pagamento, os arquivos poderiam ter sido excluídos ou publicados.  Ele atingiu cerca de 230 mil sistemas, incluindo grandes empresas e governos, até o momento em que foi controlado.

Incidentes como esse já aconteceram em outros anos, mas o impacto dessa ameaça foi além do sequestro de dados. Especialistas afirmaram que o método dos ataques foi mais robusto (automatizado), além de possuir fins econômicos. Até então, os gestores de TI tinham se deparado com malwares que apenas exploravam falhas nos sistemas, sem intuito econômico.

Esse tipo de ataque cibernético de malwares pode ser cada vez mais comum, considerando que o volume de dados aumentou inestimavelmente com a transformação digital. Isso traz a necessidade de as empresas se preocuparem com regras mais adequadas e rígidas sobre o gerenciamento de dados. A contratação de consultoria em TI é uma das formas encontradas de dar um cuidado especial à segurança de informação.

Investimento em segurança de dados para 2018

O ponto positivo da ocorrência de vários ataques cibernéticos por malwares nos últimos anos foi ter despertado as empresas públicas e privadas sobre a importância do investimento em segurança de dados para 2018. Conforme o relatório Looking ahead: Cyber Security 2018, há uma busca crescente por inovação dos departamentos internos de TI, tanto em produtos quanto em estratégias.

A ideia de aumentar o investimento é estar apto a detectar e responder mais rapidamente às ameaças. Para os principais executivos, 2018 pode ser um ano com ataques mais numerosos e rebuscados.

Por este motivo, o empresário deve preparar seu negócio no sentido de prezar pela segurança dos dados.  E existem algumas formas de realizar esse investimento.

O primeiro deles é educar os colaboradores. Muitos ataques de malwares acontecem devido a práticas ruins por parte dos usuários dos sistemas empresariais. Em outras palavras, as pessoas são as portas de entrada das ameaças. O investimento em cultura de cibersegurança é o primeiro passo para afastá-las.

Prova disso é que o primeiro malware de 2018 já atacou os computadores da Apple. O OSX/MaMi realiza um redirecionamento de DNS, modificando essas configurações para dois endereços. Na prática, ele instala no computador um certificado que intercepta comunicações criptografadas. Ele infecta o equipamento por meio de e-mails maliciosos ou alertas falsos, basta que o usuário clique.

O segundo passo para cuidar da segurança de dados e afastar malwares é investir em infraestrutura. Os firewalls são ferramentas eficazes contra os ataques e invasões de hackers. Eles cuidam da segurança de todo ambiente contra quebra de segurança na rede, tornando o ambiente mais seguro e confiável.

Além disso, podemos citar ainda os backups automáticos, a atualização dos programas e do sistema como boas práticas de uma política de segurança de dados eficiente.

Se você deseja minimizar os riscos de ataques de malwares, invista em segurança de dados. Há empresas especializadas em oferecer esses serviços, após realizar uma consultoria de sua infraestrutura de TI.

Diante de tantos ataques cibernéticos, a palavra de ordem para 2018 é: proteja-se!


26 de janeiro de 2018

Próximos Artigos
Deixe uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe este artigo

Assuntos Relacionados
HDD e SSD: saiba a diferença e qual usar no seu servidor
30 de agosto de 2021
Entenda a importância do RTO e RPO
27 de agosto de 2021
Conheça as vantagens da Rede Social Corporativa e Intranet
25 de agosto de 2021
Ataque DDoS: saiba como proteger sua empresa!
23 de agosto de 2021
1 2 3 111
chevron-down