(031) 3195-0580
4infra

Os principais tipos de backup para sua empresa

Os principais tipos de backup para sua empresa

Quando falamos em tipos de backup, logo a gente pensa nas cópias de relatórios, controles internos e demais documentos que guardávamos em vários dispositivos, visando assegurar sua disponibilidade. Errado não tá: era o que a gente tinha antes. Mas, para nossa sorte, a forma de fazer isso mudou.

O backup é mais que um recurso para guardar documentos, mas um item importante e estratégico para a continuidade da empresa. Com o crescimento do número de ataques às redes corporativas, ocasionando roubos, fraudes e sequestros de dados, é melhor se resguardar ao máximo.

Se um arquivo pessoal quando some da nossa máquina, por um erro de salvamento, o desespero é real. Já os arquivos corporativos podem dar ainda mais dor de cabeça – e é justamente por isso que você não deve deixar a escolha dos melhores tipos de backup para depois.

O assunto é sério: com os avanços dos meios digitais, a invasão de hackers passa a ser frequente. A empresa corre um risco muito alto por não realizar backups, incluindo prejuízo financeiro e de reputação.

Dessa maneira, todas as informações e aplicações devem ser protegidas, mediante cópias em vários servidores remotos, assim como em outras medidas de segurança de dados.

Tipos de backup para empresas

Para que o backup tenha o resultado esperado na sua organização, o gestor precisa entender cada um dos muitos tipos de backup. O objetivo é identificar qual atende à necessidade de forma completa.

Backup completo ou full

Como o próprio nome diz, ele realiza cópia completa de todos os arquivos do servidor para outro local de armazenamento, descartando o backup anterior e dando lugar a um novo.

Esse backup reproduz fielmente todas as informações do ambiente corporativo, certificando o administrador de que todos os dados estão protegidos e acessíveis em um momento de necessidade.

A desvantagem desse modelo é que ele ocupa mais espaço de armazenamento e, por isso, demora um tempo para completar as cópias.

Backup incremental

O backup incremental faz cópia somente dos dados modificados, sanando algumas deficiências encontradas ao realizar o backup full, que copia todas as informações, mesmo que nenhuma alteração tenha sido feita.

Para implementar o backup incremental é preciso realizar a cópia completa dos dados. A partir daí, a cada nova necessidade de backup, o sistema só verificará arquivos que foram alterados.

A vantagem desse modelo é a rapidez do armazenamento, visto que não se copia todos os arquivos. No entanto, para que haja eficácia e os dados não sejam perdidos, é preciso inserir o backup full na mesma política de cópias de segurança.

Nesse sentido, a restauração costuma ser mais lenta, pois primeiro se restabelece o backup full para só em seguida lidar com os incrementais.

Backup diferencial

O backup diferencial é semelhante ao incremental, pois as alterações são executadas a partir do backup full. Porém, os dados restaurados são os que foram modificados em relação ao último backup completo. Ou seja, utiliza-se o full e, depois, o diferencial.

O ponto positivo desse modelo é que ele gera menos tráfego na rede por ter menos arquivos para restaurar. Por outro lado, o tempo de recuperação pode ser maior do que quando se utiliza o backup incremental.

Qual opção de backup utilizar?

A escolha entre os tipos de backup possíveis para a realidade da empresa exige certo conhecimento técnico da área de TI. O melhor, nesse caso, é contar com a avaliação de um especialista.

Só para se ter uma ideia, em empresas com bases de dados pequenas e com crescimento lento, o backup completo é o mais indicado. Mas, se a organização possui banco de dados maiores, que chegam a alguns gigabytes em meses, as opções podem ser o incremental ou o diferencial.

De qualquer forma, uma consultoria em TI pode ser acionada para verificar o ambiente, a quantidade de informações e seu potencial crescimento. Com essas e outras informações é possível definir o melhor modelo de backup a ser implementado na organização.

 

Proteger os dados corporativos é uma necessidade; por isso, não quebre a cabeça para tentar descobrir quais tipos de backups são viáveis ou não. Conte com a 4Infra para te apoiar nessa decisão. Entre em contato com a gente e converse com um de nossos consultores.


12 de fevereiro de 2021

Próximos Artigos
Deixe uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe este artigo

Assuntos Relacionados
Vantagens de usar o Sharepoint para servidor de arquivos
8 de novembro de 2021
Como fazer backup para Microsoft 365?
5 de novembro de 2021
Dicas para otimizar o Microsoft 365 em pequenas empresas
3 de novembro de 2021
5 razões para investir em Fortinet
1 de novembro de 2021
1 2 3 119
chevron-down