(031) 3195-0580
4infra

Terceirização de TI: saiba tudo sobre o assunto

Terceirização de TI: saiba tudo sobre o assunto

Não importa o seu setor empresarial - o seu negócio precisa de uma infraestrutura de TI robusta, que mantenha a segurança dos dados e otimize processos. 

Isso porque, no cenário atual, para se diferenciar dos concorrentes, é imprescindível manter o desempenho tecnológico em dia, para manter a produtividade da equipe segura e o desenvolvimento competitivo.

Pode ser difícil, porém, montar um setor de TI próprio dentro de sua empresa - principalmente se ela é de porte pequeno ou médio. 

Além do custo de aquisição de profissionais, montar um setor de TI envolve também a curva de aprendizado dos funcionários e muita eficiência logística.

A terceirização de TI (ou outsourcing, como também pode ser chamada), é uma saída possível para quem não tem como investir em um setor de Tecnologia da Informação próprio, seja por motivos financeiros ou estratégicos.

Qual a importância do setor de TI?

Os profissionais da Tecnologia da Informação são responsáveis por cuidar de toda a infraestrutura tecnológica da empresa, além de garantir o bom funcionamento dos softwares utilizados e processos ágeis. 

Com inovações tecnológicas surgindo a todo instante, quem não se preocupa com o desenvolvimento tecnológico empresarial acaba ficando para trás. Não é isso que queremos, não é mesmo?

Além de oferecer vantagens competitivas, a TI também protege a empresa contra vazamentos de dados e ameaças cibernéticas e ajuda a otimizar processos. 

Um setor de TI forte pode garantir mais produtividade, fortalecer o trabalho em equipe, otimizar processos, acelerar a entrega de serviços, diminuir o tempo de resposta a incidentes e ainda facilita a satisfação do cliente.

O que é a terceirização de TI?

O Outsourcing é, nada mais, nada menos, do que a contratação de uma fonte externa (como uma empresa terceira) para a prestação de serviços secundários, visando a otimização dos processos empresariais.

A terceirização pode ser aplicada em empresas de todos os segmentos - vendas, marketing, segurança, contabilidade e, claro, Tecnologia da Informação. 

Quais são as formas de terceirização de TI?

Hoje em dia, já existem diversas maneiras de terceirizar o setor de TI. É claro que tudo deve ser conversado e acordado entre empresa contratada e contratante. A clareza no modelo de contratação e nas obrigações da empresa é essencial para o bom andamento do serviço.

#1. Presencial

Na terceirização presencial, um técnico de TI fica disponível na empresa, como um colaborador interno. É ideal para empresas que possuem um número regular e estável de chamados, garantindo que o recurso vá ser bem utilizado.

Por estar dentro da empresa, o técnico acaba conhecendo mais a fundo a empresa, entendendo as decisões estratégicas e o ecossistema empresarial. 

#2. Remoto

O suporte remoto é ideal para empresas de pequeno porte. Neste caso, a terceirização remota alia eficiência com baixo custo, e os sistemas são acessados remotamente, garantindo praticidade e segurança.

#3. Campo

A terceirização de campo acontece quando há a necessidade de mesclar o suporte presencial e o remoto. Nesse caso, o técnico faz visitas esporádicas, conforme necessidade da empresa.

É claro que nem sempre os três modelos de terceirização são possíveis. Isso vai depender da disponibilidade da empresa e dos tipos de outsourcing, já que em alguns deles a empresa contratante e a contratada se localizam em cidades, estados ou países diferentes. 

Quais são os tipos de terceirização de TI?

Existem três tipos básicos de terceirização em TI. São eles:

#1. Outsourcing Offshore

Nesse modelo de Outsourcing, tarefas como suporte e manutenção de infraestrutura e desenvolvimento são terceirizadas para outros países. No Outsourcing Offshore, as tarefas são geralmente migradas para países em desenvolvimento, já que a mão de obra costuma ser mais barata. 

Para que esse sistema de terceirização funcione, é preciso que haja uma relação próxima da empresa contratante com a empresa contratada. A barreira da língua pode ser um problema, mas pode ser solucionada. 

#2. Outsourcing Onshore

No Outsourcing Onshore, os serviços necessários são terceirizados para empresas com sede na mesma cidade, estado e país da contratante. Essa opção minimiza as diferenças culturais que podem ocorrer já que não há diferenças de moeda, fuso horário e língua. 

Além disso, caso aconteça algum problema, fica bem mais fácil solucionar, em contato com a empresa contratante. 

Também valoriza os profissionais locais e movimenta a economia do país. No Brasil, não faltam profissionais competentes que possam atuar com terceirização de TI.

#3. Outsourcing Nearshore

O Nearshore Outsourcing é um tipo de terceirização que acontece quando os serviços são terceirizados para países próximos, com culturas, língua e fuso horário semelhantes. 

Nesse caso, ainda há diferenças culturais, mas elas são certamente minimizadas em comparação ao Outsourcing Offshore. 

Esse modelo facilita a aproximação entre empresas e minimiza os ruídos na comunicação e dificuldades de logística. 

Quando investir em Terceirização de TI?

Como tudo na vida e no meio empresarial, a terceirização de TI deve ser analisada cuidadosamente. Se feita no momento certo, pode trazer inúmeros benefícios para a sua empresa e desenvolver o seu negócio em uma trajetória ascendente. 

Mas como saber se a sua empresa precisa do Outsourcing de TI? Alguns fatores podem estar envolvidos no momento ideal:

  • necessidade de diminuir custos;
  • limitações na infraestrutura;
  • dados pouco protegidos;
  • necessidade de otimizar processos;
  • busca por maior competitividade;
  • busca por concentração de esforços estratégicos.

Se sua empresa está passando por alguma dessas situações, pode se beneficiar muito da terceirização de TI. 

Seja qual for a sua dificuldade, lembre-se: possuir uma infraestrutura de TI robusta faz toda a diferença em seus resultados e previne crises financeiras e de imagem.

Quais são as vantagens e desvantagens de terceirizar o setor de TI?

Terceirizar o setor de TI é basicamente transferir os serviços para quem é especialista no assunto. Por isso, ao terceirizar serviços de TI, é possível ter acesso a equipes atualizadas e qualificadas em tecnologia sem que seja necessário treinar a própria equipe. 

Isso economiza recursos financeiros e tempo, já que montar uma equipe de TI competente não costuma ser muito acessível, já que os times geralmente contam com funcionários de diversas especialidades. Quando não são especialistas, o custo de treiná-los pode ser alto. 

Por isso, ao terceirizar, fica mais fácil garantir a qualidade dos serviços de TI. Não se gasta tempo com curvas de aprendizado e é possível mensurar a qualidade dos funcionários da empresa terceira sem que haja necessário alocar recursos da sua própria empresa para isso. 

Outras vantagens são:

#1. Foco no core business

Passar os dias apagando incêndios pode afetar muito a saúde do seu negócio. Tarefas operacionais exigem tempo, conhecimento e energia, mas podem te afastar de decisões estratégicas e do core business.

Por isso, ao terceirizar, você tem tempo para o que realmente importa, e mantém a tranquilidade de ter uma infraestrutura de TI segura e eficiente.

#2. Acesso à inovações tecnológicas

Empresas especializadas em TI estão sempre atualizadas no que há de mais novo no mercado e em como inovações tecnológicas podem ser usadas para reforçar a infraestrutura empresarial.

#3. Garantia de qualidade

Ao fechar com uma empresa de boa reputação no mercado e especialista em outsourcing de TI, você ganha a tranquilidade e a garantia de qualidade em seu sistema de TI. 

A terceirização também envolve um Acordo de Nível de Serviço (SLA - Service Level Agreement), que prevê o padrão mínimo de qualidade para o outsourcing. 

#4. Ganho de reputação no mercado

Com o negócio otimizado, sofrendo menos incidentes e diminuindo o tempo de resposta aos clientes, a consequência natural é o ganho de reputação no mercado.

Os serviços de alta performance garantidos pela terceirização do setor de TI melhoram a inteligência do fluxo de trabalho, aumentam a integração dos times de trabalho e a qualidade das entregas. 

Por isso, o resultado é, comumente, o ganho de reputação no mercado e clientes mais satisfeitos e fidelizados, diferenciando-se dos concorrentes.

#5. Mais segurança nos dados

Não são raros os casos de empresas que sofreram com vazamentos de dados. A baixa segurança das informações pode afetar pequenas empresas até empresas de grande porte, como o Facebook.

A terceirização do setor de TI fortalece a segurança empresarial, evita vazamentos, ataques cibernéticos e evita crises.

Desvantagens da terceirização do setor de TI

Antes de escolher terceirizar o setor de TI, entenda também as possíveis desvantagens de tomar essa decisão sem planejamento estratégico e sem avaliar cuidadosamente a empresa contratada. 

#1. Contratar uma empresa pouco eficaz

Contratar uma empresa pouco eficaz não é uma boa saída, já que ela pode comprometer os processos de TI.

Por isso, antes de fechar negócio, avalie cuidadosamente a experiência da responsável e avalie detalhes contratuais.

#2. Tomar essa decisão sem planejamento estratégico

O sucesso da terceirização de TI depende do bom relacionamento entre as duas empresas. É essencial ter clareza nos objetivos e dificuldades encontrados, para que a contratada saiba onde atuar e entenda quais são as suas expectativas. 

Então, antes de terceirizar o setor de TI, desenvolva um planejamento estratégico e compartilhe com os especialistas. Onde você quer chegar? Quais são as dificuldades atuais do negócio?

#3. Se guiar apenas pelo baixo custo

O Outsourcing de TI possui baixo custo se comparado a montar um setor de TI próprio dentro da empresa. Mas se atentar apenas ao baixo preço pode acabar te levando a meter os pés pelas mãos.

Além de avaliar o baixo custo, analise a experiência e reputação da empresa e garanta que ela é especialista no mercado. 

Como implementar a terceirização de TI?

Para implementar a terceirização em TI, alguns passos devem ser seguidos. O primeiro é, como falado, o desenvolvimento de um planejamento estratégico, que vai identificar as necessidades do negócio a fundo.

Em seguida, é importante definir com a empresa contratada o SLA - Acordo de Nível de Serviço, para direcionar os direitos e deveres de cada parte do acordo. 

Por fim, vale avaliar continuamente os resultados oferecidos, para garantir que a parceria continua sendo benéfica e vantajosa para ambas as partes. 

Como a 4infra Consultoria em TI pode ajudar no Outsourcing de TI?

A 4infra Consultoria em TI oferece um plano personalizado de TI para sua empresa. Em 20 anos de experiência, já são mais de 300 projetos finalizados com sucesso e mais de 100 clientes satisfeitos. 

Nossos especialistas possuem alto conhecimento e experiência para te ajudar a desenvolver solidamente a infraestrutura de TI do seu negócio, reduzindo riscos, aumentando a sua performance e otimizando recursos. 

Com eficiência e rapidez na gestão, a 4infra garante a qualidade da terceirização de TI e oferece assistência de riscos, otimizando o funcionamento dos softwares e te ajudando a desenvolver os serviços empresariais. 

Quer saber como a 4infra pode te ajudar a conquistar resultados eficazes e robustos em sua infraestrutura de TI? Agende um horário com um de nossos especialistas agora!


14 de julho de 2021

Próximos Artigos
Deixe uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe este artigo

Assuntos Relacionados
Phishing: saiba como evitar esse ataque 
27 de setembro de 2021
Segurança digital: 3 sinais para investir  
27 de setembro de 2021
Conheça a Data Mesh: a inovação na arquitetura de dados 
24 de setembro de 2021
Conheça o Xaas e saiba como aplicá-lo 
22 de setembro de 2021
1 2 3 114
chevron-down