(031) 3195-0580
4infra

VMWare Workstation: como usá-lo em seu negócio?

VMWare Workstation: como usá-lo em seu negócio?

Muitas soluções tecnológicas facilitam o dia a dia empresarial. Boa parte delas, as pessoas comuns não conhecem, porque são mais específicas ao ambiente de TI. Entretanto, existe uma ferramenta que é utilizada com objetivos que vão além da infraestrutura tecnológica do negócio. O VMWare Workstation é uma delas. Ele é um virtualizador e pode ser muito útil na sua empresa. Veja como!

O que é o VMWare Workstation?

O VMWare Workstation é um software de virtualização que é usado para executar vários sistemas operacionais em um único computador físico. Em outras palavras, ele é capaz de executar em um mesmo equipamento os sistemas da Microsoft, da Linux e outros.

E como ele faz isso? O VMWare mapeia os recursos físicos de hardware para os recursos da máquina virtual (VM). Assim, esta terá seus próprios componentes, como memória, dispositivos de entrada e saída (USB, CD-ROMs etc.), discos rígidos. Ou seja, será semelhante à uma máquina padrão.

Como usá-lo corretamente nos negócios?

A equipe de TI de uma empresa pode utilizar o VMWare Workstation de várias formas no negócio.

Ambiente de teste

A primeira deles é como ambiente de teste para projeto de arquitetura de data center ou verificação de configuração. Neste caso, o VMWare permite que os profissionais verifiquem e avaliem o impacto das alterações de data center ou da carga de trabalho sem afetar o ambiente de TI de produção.

É possível testar novos recursos e funcionalidades do sistema operacional antes de distribuir correções para as VMs de produção.

Outra maneira de utilizar o VMWare Workstation é criar e gerenciar ambientes de teste locais para software em desenvolvimento, permitindo a criação de protótipos e testes rápidos.

Com o suporte a vários de sistemas operacionais convidados, os desenvolvedores podem testar a mesma base de código em vários destinos de sistema operacional - iOS, Android, Linux - e até instâncias de destino na nuvem.

A velocidade e a facilidade de manejar VMs permitem que a Workstation se encaixe bem em um fluxo de trabalho de desenvolvimento DevOps ou Ágil.

Relação com stakeholders

Quando mudamos a abordagem para a visão externa da empresa (contato com funcionários, parceiros, contratados, convidados), o VMWare Workstation também possui uma função importância.

Ele fornece instâncias corporativas padronizadas de desktop ou carga de trabalho para esses usuários que trazem seus próprios computadores para o ambiente corporativo.

Um contratante externo pode utilizar uma máquina virtual contendo sistema operacional e aplicativos mínimos e seguros da empresa. E vale destacar que a segurança se dá por meio de políticas que limitam a funcionalidade das VMs convidadas.

É possível, por exemplo, configurar uma máquina para desabilitar o compartilhamento de arquivos, isolando-a completamente em um dispositivo corporativo ou de propriedade do usuário.

Quais as vantagens do VMware?

As funções do VMware Workstation em uma empresa já dão uma ideia de quais são suas vantagens.

O teste de uma aplicação em várias plataformas, a manutenção da compatibilidade de hardware, a possibilidade de simular instalações de rede e de testar novos sistemas, a criação de redundância, e o aumento do desempenho das aplicações são apenas algumas delas.

Quando comparamos o software com seus concorrentes, é importante dizer que todos virtualizadores mais utilizados são boas soluções. A escolha é, primeiramente, uma questão de opção pessoal.

Porém, existem muitas comparações entre o VMware, o Virtual Box e Virtual PC. Em projeto de pesquisa de estudantes da UFMG, feito em 2012, houve análise de três aspectos das máquinas virtuais: velocidade de leitura/escrita dos discos criados, tempo de inicialização e desempenho na execução de aplicações.

O resultado apresentou que o VMware é o que possui melhor desempenho, pois realiza com facilidade e eficiência as tarefas propostas. No geral, obteve as melhores metas.

Atualmente, os players do mercado são, além do VMWare, XenServer, Hyper-V Server e Proxmox, todos com boas avaliações.

Se você ainda não utiliza o VMWare em seu negócio, pode estar perdendo uma grande oportunidade de ter um ambiente de teste interessante ou de se relacionar de forma padronizada com seus stakeholders.

Que tal experimentar? Fale conosco!


8 de junho de 2018

Próximos Artigos
Deixe uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe este artigo

Assuntos Relacionados
HDD e SSD: saiba a diferença e qual usar no seu servidor
30 de agosto de 2021
Entenda a importância do RTO e RPO
27 de agosto de 2021
Conheça as vantagens da Rede Social Corporativa e Intranet
25 de agosto de 2021
Ataque DDoS: saiba como proteger sua empresa!
23 de agosto de 2021
1 2 3 111
chevron-down