(031) 3195-0580
4infra

Muitas soluções estão sendo desenvolvidas, no setor de TI, para garantir a excelência da operacionalização dos processos.É o caso do SD-WAN, um dispositivo que favorece a infraestrutura ágil e segura em muitos cenários. (mais…)

O termo compliance, bastante utilizado no meio acadêmico, se expandiu para o mundo corporativo. Ele remete à atuação empresarial na prevenção ao descumprimento de normas, combate a fraudes, corrupção, lavagem de dinheiro e desvio de condutas éticas. (mais…)

Sharepoint é uma plataforma da Microsoft de administração e colaboração de conteúdo personalizado. Com ele você pode automatizar inúmeras atividades diárias, como gerenciamento de e-mails, documentos, registros e outras ferramentas necessárias para o trabalho corporativo.

Além disso, a aplicação é considerada um local seguro para criação de novos sites, arquivamento de documentos, compartilhamento, organização e acesso de informações com o uso de dispositivos conectados à internet. O uso do Sharepoint é bem popular no mundo empresarial, principalmente para hospedagem de canais de intranet, que necessitam de um nível de segurança maior.

Uso do Sharepoint na nuvem

Com a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), uma das maiores preocupações das empresas é garantir a proteção de arquivos e documentos sem perder a autonomia de compartilhar as informações entre equipe e clientes.

O que talvez pouca gente saiba é que o Sharepoint é uma espécie de servidor de arquivos na nuvem. Ou seja, é uma solução viável e completa para empresas de todos os portes. 

No entanto, para ter acesso a esse serviço, a empresa precisa assinar o Office 365 do plano Business Premium. Com isso, é possível postar todos os tipos de conteúdos para o público interno, podendo reunir dados importantes  da empresa ou por grupo de trabalho.

Cada equipe ou área da empresa pode criar sua própria página e armazenar seus dados, como e-mails, calendário de reuniões, notícias, gráficos, relatórios e planilhas.

Para gestores que ainda ficam receosos em investir um pouco mais na conta premium do Sharepoint, aqui vai uma boa notícia: a plataforma está cheia de vantagens que podem solucionar inúmeros gargalos de armazenamento.

Confira:

Autorização de acesso

Em uma organização, nem todos os dados são públicos, mesmo internamente. Ou seja, funcionários não têm acesso a informações sigilosas do RH ou da diretoria, por exemplo.

Com o Sharepoint como servidor, é possível configurar níveis de proteção, garantindo segurança e dificultando o vazamento de dados. Isso é, mesmo com a opção de compartilhamento com toda a equipe, algumas informações podem ter acesso restrito para determinados funcionários.

Histórico de versão

O Sharepoint permite acesso ao histórico de todas as versões de arquivos e documentos, facilitando a recuperação de dados e a organização do ambiente de trabalho. O processo torna inviável o salvamento de vários documentos, ainda mais quando se trabalha simultaneamente.

Ao editar um texto com outras pessoas da equipe, é possível visualizar quem está alterando o conteúdo e em quais locais as mudanças aconteceram. Dessa forma,  assim que um novo modelo é alterado, a versão anterior continua disponível para consulta.

Economia  de espaço

Quem nunca trabalhou com planilhas pesadas e páginas que demoram para abrir? Isso nada mais é que a resposta do computador que teve sua performance prejudicada devido à quantidade de arquivos salvos na memória.

Com o Sharepoint é fácil organizar as informações todas em um único lugar, sem necessidade de ter uma máquina específica para guardar todos os arquivos. As aplicações em nuvem permitem acesso a outros dispositivos de forma escalável, flexível e com muito mais segurança.

Acesso remoto facilitado

Uma das vantagens do Sharepoint é que o usuário não precisa estar logado à rede de trabalho para acessar o servidor. O colaborador pode conectar as informações de qualquer lugar do mundo, inclusive na modalidade home office, desde que tenha  acesso a internet.

Outro ponto é a maior velocidade na busca de arquivos. Ou seja, a resposta é mais rápida no momento de troca de documentos, principalmente em empresas que possuem um volume considerável de dados salvos.  

Nesse sentido, o Sharepoint se apresenta como solução aos problemas de lentidão do servidor.

 

O Sharepoint é uma alternativa para as empresas que querem economizar tempo e dinheiro. A plataforma conta com atualização constante, mas sem interrupção dos trabalhos da equipe, permitindo acesso irrestrito às principais ferramentas de trabalho, como Outlook, Skype e pacote Office.

Antes de investir nessa tecnologia, procure uma equipe especializada no assunto, como a 4Infra. Nossos consultores, além de te orientar em relação ao uso da ferramenta, pode treinar usuários e configurar a ferramenta para o perfil da sua empresa. Entre em contato e marque um horário pra gente conversar!

A transformação digital traz, em espaços cada vez mais curtos, inovações capazes de melhorar processos e gerar mais produtividade a empresas e usuários. O Microsoft 365 foi projetado para ajudar você a fazer mais com aplicativos modernos do Office, serviços de nuvem inteligentes e segurança a nível mundial. (mais…)

Com o desenvolvimento tecnológico, tornou-se mais do que necessária a presença de profissionais de TI nas organizações. Isso porque a equipe especializada garante a qualidade e a estabilidade dos serviços a partir do correto gerenciamento dos sistemas. (mais…)

A área de gestão de TI é uma das que mais passam por mudanças dentro de uma organização. Como a tecnologia é muito dinâmica, o setor precisa se adaptar às novas tendências sempre que necessário, no objetivo de garantir a competitividade do negócio. (mais…)

Você ouviu falar na Lei do Governo Digital? Publicada no Diário Oficial da União (DOU) em 30 de março de 2021, a Lei nº 14.129 busca aumentar a eficiência da administração pública por meio da inovação, da transformação digital e da participação do cidadão. (mais…)

Fazer gestão nas empresas não é tarefa fácil, pelo contrário: esse é um dos maiores desafios dos microempreendedores. Coordenar as atividades de todos os setores e ainda gerenciar a área financeira é complexo, cansativo e requer dinâmica e integração com outras ferramentas corporativas. (mais…)

Tendência na área de arquitetura de dados, o Data Mesh é uma das inovações recentes no setor de tecnologia e inovação. Se antes as informações interessavam apenas a área de TI, hoje outros setores as usam no processo de tomada de decisão. 

Os números ajudam outros setores como de comunicação e marketing a compreender o comportamento do consumidor. O design começa a ser pensado a partir da experiência do cliente. 

Tudo isso faz parte das mudanças que estão acontecendo no meio digital. O Data Mesh faz parte dessa transformação que compreende a arquitetura de dados de forma diferentes de conceitos como o data warehouse e o data lake. 

O que é o Data Mesh?

Conceito recente proposto pela diretora de tecnologias emergentes da Thoughtworks América do Norte, a Zhamak Dehghani, o Data Mesh é uma nova abordagem ligada à organização e projeção de dados. 

Diferente de outras abordagens, que propõe uma arquitetura mais centralizada como o data lake, o Data Mesh segue um movimento contrário. O conceito busca uma arquitetura informações aconteça de forma descentralizada. 

Além da descentralização, o Data Mesh também tem outra perspectiva para os dados. Assim, essas informações são disponibilizadas como um produto. Por conta dessa nova forma de enxergar a organização das informações, isso desafia formas tradicionais. 

No caso do Big Data, por exemplo, é proposto uma forma centralizada de lidar com as informações, já que assim seria potencializado o poder de análise. Dentro da perspectiva do Data Mesh, esse potencial só ocorre quando acontece uma distribuição. 

Ou seja, só é possível desenvolver e proporcionar mais inovação, a partir do momento que os grupos que detêm esse grande volume de dados. Assim, os dados seriam tratados como produtos nesse processo. 

O que essa novidade promete para a área?

A partir da observação dessa dinâmica, o Data Mesh propõe a democratização dos dados. Isso a partir da adoção de um novo modelo de governança para a área de TI. 

Por isso, o Data Mesh propõe a descentralização dos dados, como uma forma de democratização das informações. Além disso, essa nova perspectiva também destaca que a experiência dos consumidores de dados deve ser priorizada. 

Nesse sentido, essa nova forma de pensar a arquitetura de dados promete mais facilidade no acesso a conjuntos de domínios. Outro pacto está ligado ao potencial de analisar informações em escala. 

Além disso, o Data Mesh promete aprimorar problemas apresentados pela organização centralizada do Big Data. Uma dessas questões está ligada às plataformas monolíticas. 

Isso porque, a falta de várias fontes de dados, por exemplo, pode minar com boas ideias que surgiram a partir desse intercâmbio de informações. Assim, informações valiosas se perdem por conta da centralidade das plataformas. 

Outras questão apontada é que, essa forma centralizada inibe o cruzamento de dados. Isso dificulta a possibilidade de ligar diferentes conjuntos, o que poderia gerar novas observações sobre realidades operacionais. 

O intercâmbio entre diferentes áreas é também outra proposta. Se formatos tradicionais podem isolar áreas e equipes de trabalho, a novidade na arquitetura de dados busca a troca de informação entre diferentes áreas.

Com isso, aconteceria o desenvolvimento de equipes mais ágeis. Além disso, o Data Mesh propõe reduzir o backlog do profissional de TI. O resultado disso são projetos mais independentes e rápidos. 

O Data Mesh é uma das inovações disponíveis no setor de TI. Acompanhe outras novidades no blog da 4infra

 

Se sua empresa está dando os primeiros passos no mundo dos negócios, algumas estruturas são importantes para o bom funcionamento do empreendimento. Para te ajudar nessa missão, vamos apresentar algumas estruturas básicas de tecnologia. 

Quando estamos começando algo, nem sempre temos verba para adquirir todos os equipamentos que precisamos. Entretanto, existem maneiras em que seu empresa pode gerar bons resultados e crescer com uma estrutura básica de TI. 

Com a maturidade e expansão do seu negócio, você conseguirá expandir a empresa e adquirir tudo o que precisa. Até lá, vamos te apresentar três estruturas básicas de TI para os primeiros passos do seu negócio. 

Para quem tá começando: quais são as estruturas básicas que minha empresa precisa para funcionar?

Com os avanços tecnológicos dessa nova era, alguns itens realmente são essenciais para o funcionamento do empreendimento. Um deles é o acesso a internet. Para uma empresa conseguir novos clientes, mandar e-mails ou realizar reuniões online, a conexão é importante. 

Por isso, o primeiro item da nossa lista de estruturas básicas é o aparelho do Modem. Equipamento que conecta os equipamentos à internet, ele é um item essencial. Esse item pode ser comprado e até mesmo alugado na internet. 

Entretanto, é bom lembrar que algumas operadoras de internet não aceitam modems de terceiros. Por isso, em alguns planos elas vendem o aparelho ou até mesmo o emprestam enquanto o contrato de serviço de internet estiver vigente. 

A partir da conexão com o cabo, esse aparelho oferece o acesso ao serviço de internet. Hoje, existem várias empresas que atuam como servidores de internet. 

Para esse processo, é importante analisar quais são as necessidades de armazenamento para o negócio. Outros requisitos importantes são verificar as opções de backup e a segurança oferecida. 

Roteador wireless e Switch

Se sua empresa precisa de mais de um equipamento com internet, vale a pena investir em um roteador. Hoje, alguns modems são capazes de rotear conexão, entretanto, o mais indicado é adquirir um modem. 

Isso porque o aparelho independente oferece vantagens como a possibilidade de atribuir um endereço IP individual. Ou seja, será possível atribuir uma sequência específica que será usada para  identificar cada dispositivo ligado à rede.

Além disso, dependendo do tamanho da sua empresa, poderá ser oferecida uma conexão via WiFi específica. É importante lembrar que, quanto melhor for a conexão via wireless, melhor será o acesso de computadores e celulares à internet. 

Vale lembrar que os roteadores possuem um número limitado de portas físicas. Entretanto, é possível aumentá-las com o switch. Um tipo de conexão que oferece até 48 portas, essa ferramenta possibilita o intercâmbio de informações entre os aparelhos conectados. 

Além disso, esse aparelho oferece a possibilidade de empilhá-los. Isso quer dizer que, se o escritório possui 30 telefones VoIP, cada um precisará de uma porta. Com o switch, o telefone e o computador conseguem ser interligados em uma mesma porta.

Servidores 

Usado para compartilhar arquivos, os servidores fazem parte das estruturas básicas que sua empresa precisa ter. Eles também podem ser utilizados como uma forma local de armazenar os arquivos. 

Para que exista uma boa estratégia de backup de informações, é importante ter um dispositivo externo. Além disso, alguns computadores podem precisar de um disco rígido externo para armazenar alguns dados. 

Dessa maneira, é possível dividir e organizar arquivos importantes das empresas.Esse investimento é fundamental para que nenhum registro ou dado sigiloso se perca caso aconteça algum problema de armazenamento. 

Outras estruturas ligadas a segurança também são importantes para a empresa. Por isso, busque profissionais da área da tecnologia da informação. Entre em contato com a equipe 4infra

 

Contato

Telefone:

(31) 3195-0580
Endereço:

Rua Marechal Foch, 41, Pilotis
B. Grajaú / Belo Horizonte / MG
Funcionamento:

Seg - Sex: 8h às 18h

Assine nosso Newsletter

chevron-down