(031) 3195-0580
4infra

Como mapear as estratégias de TI para o próximo semestre

Como mapear as estratégias de TI para o próximo semestre

O cenário causado pela pandemia pegou todo mundo de surpresa. Há quem diga que 2020 vai ser um "ano vazio", principalmente se levarmos em consideração todos os negócios que foram absolutamente paralisados de março pra cá. 

Contudo, para alguns setores - principalmente aqueles diretamente ligados à TI -, pouco mudou. Demanda-se um planejamento suplementar, é claro, mas nada que um bom mapeamento de ações não resolva.

Mapear as estratégias pode ser uma forma eficaz de alinhar as áreas da empresa, e não apenas nesse cenário. Uma corporação pode alcançar o alinhamento entre áreas diversificadas, desde que o desafio seja encarado com seriedade. 

O maior obstáculo, no processo, pode ser comunicar as estratégias de forma que todas as áreas as entendam por completo. Para tanto, recursos como o plano diretor de TI e um mapa estratégico podem ajudar, a partir de objetivos claros a todos os colaboradores.

Para entender melhor como mapear as estratégias de TI para o próximo semestre, mesmo que não saibamos, agora, como ele vai se desenrolar, é preciso voltar ao começo, compreendendo os conceitos básicos.

O que é o mapa estratégico? 

Mapa estratégico é uma ferramenta de gestão visual, parte do método Balanced Scorecard (BSC), que tem como objetivo ajudar a organização a colocar sua estratégia em prática, independentemente de sua natureza ou ramo de atuação. 

No mapa é desenhado, pontuado e distribuído os objetivos da organização e, por conseguinte, a lógica da sua estratégia. Os objetivos são detalhados a partir das relações de causa e efeito que irão provocar. 

Nesse mesmo documento podem ser apresentados a proposta, valores e a missão da corporação, além da estrutura detalhada do plano de execução. Tudo isso de forma simples, organizada e clara a todas as áreas da empresa.

Ganha destaque no mapa sua parte imagética, uma vez que dispor de figuras facilita a compreensão dos dados e, finalmente, a execução da estratégia. Além disso, é possível criar uma sinergia entre todos os colaboradores, ajudando-os a saber comunicar os objetivos da empresa. 

Para mais, além de garantir o alinhamento, o mapa estratégico pode ser usado para monitorar desempenhos, definir prioridades e melhorar a tomada de decisão para a governança de TI.

Como mapear as estratégias de TI

Mapear as estratégias de TI vai exigir que as metas desejadas encontrem os passos certos para que sejam realizadas.

Separamos, abaixo, os melhores e mais eficientes deles. 

1. Entenda o ambiente da TI

Nesse primeiro momento é preciso atentar-se ao ambiente interno, verificando pontos de capacidade e vulnerabilidades dos sistemas, bem como a motivação dos colaboradores e a suas qualificações, entre outros pontos. 

Posteriormente, também é necessário verificar o ambiente externo. Nesse caso, deve-se avaliar qual direção e objetivos a corporação tem seguido e de que modo isso impacta na área de TI. Essas investigações vão ajudar a entender o que deve ser buscado, com o selo de "prioridade" a partir do mapa estratégico. 

2. Estratégias e plano de execução 

Em um segundo momento, depois de analisar a realidade das áreas da corporação, pode-se reformular as estratégias de TI, definindo os objetivos e questionamentos a respeito do que precisa ser alterado ou acrescentado na infraestrutura atual.

Feito isso, o plano de execução pode ser elaborado. 

Nele, as estratégias devem ser detalhadas. Lembre-se de apontar os objetivos e as relações de causa e efeito para cada um deles, já que, nesse plano, trabalha-se com indicadores de performance para viabilizar iniciativas.

3. Monitore a execução do plano e faça ajustes

Com o plano e as estratégias em ação, é preciso realizar o monitoramento para avaliar, com certa frequência, se a infraestrutura de TI está atendendo ao que foi proposto como ideal, gerando os resultados e alcançando as metas, como esperado. 

Caso contrário, sempre é possível fazer alterações no plano para torná-lo mais realista. Tais ajustes podem ser feitos conforme há transformações tecnológicas, adaptando a TI às mudanças que podem acontecer. 

Esses passos são primordiais para que você consiga mapear as estratégias de TI para o próximo semestre. Mas, se, mesmo assim, você tiver dúvidas sobre como proceder, pode contar com a 4Infra. Entre em contato e conheça nossos serviços de consultoria de TI para que sua empresa navegue tranquila até mesmo em águas turbulentas. 


18 de maio de 2020

Próximos Artigos
Deixe uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe este artigo

Assuntos Relacionados
HDD e SSD: saiba a diferença e qual usar no seu servidor
30 de agosto de 2021
Entenda a importância do RTO e RPO
27 de agosto de 2021
Conheça as vantagens da Rede Social Corporativa e Intranet
25 de agosto de 2021
Ataque DDoS: saiba como proteger sua empresa!
23 de agosto de 2021
1 2 3 111
chevron-down