(031) 3195-0580
4infra

Como proteger dados bancários do seu negócio

Como proteger dados bancários do seu negócio

Nos últimos anos, com a transformação digital, as empresas investiram bastante em e-commerce. Porém, uma boa reputação como fornecedor de produtos e serviços na internet depende de garantir a segurança na hora das transações. É preciso proteger dados bancários do seu negócio e dos clientes.

Os ataques cibernéticos são cada vez mais recorrentes e complexos, motivo pelo qual a empresa deve prestar mais atenção às informações salvas de maneira digital. Veja como proteger dados bancários e outros dados!

Ataques cibernéticos a empresas

Você sabia que as grandes empresas da América Latina têm um impacto financeiro médio de US$ 1,14 milhão devido a uma violação de dados, conforme estudo da Kaspersky Lab? Pequenas e médias empresas tiveram um impacto médio de US$ 103 mil em 2018, um aumento de 61% em relação a 2017.

Não à toa, o orçamento corporativo de segurança em TI seguiu o mesmo ritmo e aumentou, principalmente na proteção de dados e ambientes de nuvem. A estimativa para grandes corporações latino-americanas em 2018 é gastar até 30% de seus orçamentos de TI para a segurança online.

E o que isso tem a ver com proteger dados bancários do seu negócio? Tudo. Para se ter uma ideia, o número de reclamações no Banco Central referentes à segurança dos canais de acesso às contas em 2016 foi de 425. No ano seguinte, 1.688 reclamações (aumento de 297%). Se os ataques atingem os grandes bancos, que têm como foco as transações bancárias, seu comércio online não está imune.

Em maio de 2018, o Banco Montreal e o Banco Imperial do Comércio do Canadá receberam notificações de que dados sensíveis de 90 mil clientes foram roubados. São grandes instituições financeiras sendo vítimas de ataques cibernéticos.

Como proteger dados bancários

A segurança da informação depende de uma Política bem definida, com diretrizes a serem seguidas por todos os profissionais da empresa, níveis de acesso e outros pontos. Porém, para proteger dados bancários isso não basta. Devem ser adotadas outras práticas que têm uma relação mais direta com os dados trocados na internet.

Duas ações são fundamentais para isso: proteger as informações na nuvem e aumentar a estrutura de segurança da rede local.

Proteja as informações na nuvem

Boa parte das empresas (pelo menos aquelas que querem se manter competitivas) tem sua infraestrutura baseada na nuvem, já que ela possui características que podem se adequar a cada negócio. Escalabilidade, bom custo benefício, continuidade dos negócios e segurança.

Ao contrário do que o senso comum pensa, a segurança na nuvem existe e pode ser até maior do que aquela realizada nas soluções on-premises. Ela se baseia em criptografia e monitoramento ativo da troca de informações.

Além disso, oferece soluções que previnem a perda de informações em caso de ataques cibernéticos, falhas humanas e incidentes. O backup em nuvem é uma dessas ferramentas, assim como o Disaster Recovery, que coloca seu sistema em funcionamento em pouco tempo em caso de incidentes.

Aumente a estrutura de segurança da rede local

Outra forma de proteger dados bancários é aumentar a estrutura de segurança da rede local. Isso pode ser feito por meio de 3 práticas:

  • Melhoria na segurança do roteador: uma rede vulnerável pode ser fruto de um roteador pouco seguro. Existem soluções abrangentes que aumentam a segurança de roteadores e permitem que o gestor faça um inventário de todos os dispositivos conectados. Assim, mantém-se a privacidade dos dados trocados e a produtividade;
  • Configuração de dispositivos para segurança: cada empresa possui necessidades diferentes quanto às configurações-padrão dos dispositivos. Por isso, é preciso avaliá-los e modificá-los conforme a demanda, personalizando os recursos necessários e desabilitando os desnecessários;
  • Monitoramento de tráfego na rede: as tentativas mal intencionadas podem ser impedidas por meio de verificação dos comportamentos não usuais na rede. O monitoramento de tráfego consegue detectar, de maneira automática e eficiente, os malwares.

Proteger dados bancários do seu negócio é fundamental para manter a boa reputação no mercado. E não é preciso muito para conseguir um bom nível de cibersegurança. Na dúvida, o auxílio de uma consultoria em TI pode ser de grande valor. Quer conhecer como a 4infra pode te ajudar? Entre em contato conosco!


28 de agosto de 2018

Próximos Artigos
Deixe uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe este artigo

Assuntos Relacionados
HDD e SSD: saiba a diferença e qual usar no seu servidor
30 de agosto de 2021
Entenda a importância do RTO e RPO
27 de agosto de 2021
Conheça as vantagens da Rede Social Corporativa e Intranet
25 de agosto de 2021
Ataque DDoS: saiba como proteger sua empresa!
23 de agosto de 2021
1 2 3 111
chevron-down