(031) 3195-0580
4infra

Como regularizar Softwares da Microsoft

Como regularizar Softwares da Microsoft

Mais de 500 milhões de dispositivos ao redor do mundo utilizam o Windows 10. São bilhões de usuários do Office 365. De fato, a Microsoft está muito presente no ambiente corporativo, mas nem sempre da forma ideal.

Há empresas que utilizam programas falsificados e colocam em risco sua segurança. Por isso, é preciso regularizar softwares da Microsoft o quanto antes para evitar problemas.

Veja a seguir como proceder!

Os problemas de utilizar softwares falsificados

Sua empresa está apresentando problemas de verificação em seu equipamentos, sofre constantemente ataques de hackers, malwares ou glitches no sistema? Esses problemas podem ter origem na utilização de softwares falsificados.

Muitos gestores utilizam um programa pirata pelo valor (alguns são até gratuitos e podem ser encontrados facilmente na internet), mas se esquecem de que os benefícios desse uso não compensam, já que os possíveis danos aos dados corporativos podem ser muito maiores.

Isso porque a adoção de um programa falsificado aumenta o risco de intrusão de privacidade, perda de dados confidenciais, perdas e custos financeiros substanciais além de uma grande perda de tempo tentando corrigir problemas do sistema.

Um estudo da IDC (2013), encomendado pelo Microsoft, teve conclusões importantes sobre os perigos do software falsificado. Veja:

  • Um em cada três computadores com software falsificado é infectado com malware;
  • Em escala global, os consumidores gastarão US$ 22 bilhões e 1,5 bilhão de horas lidando com problemas, como recuperar dados e lidar com roubo de identidade;
  • 26% dos consumidores que instalaram software falsificado tiveram seu PC infectado com um vírus;
  • 78% dos programas de software falsificados baixados de sites piratas ou de redes P2P instaladas rastreiam cookies ou spyware.

Diante desses fatos, regularizar Softwares da Microsoft é muito importante para ter segurança da informação em sua empresa.

Como regularizar Softwares da Microsoft

Para regularizar Softwares da Microsoft é preciso obter um licenciamento, que nada mais é do que um contrato entre o fornecedor de software e o usuário final. Cada contrato estabelece como será o uso ou a redistribuição do programa.

A Microsoft oferece vários tipos de licença, como licença de varejo, OEM e licença de volume. Para escolher a melhor opção de licenciamento para sua empresa, é preciso avaliar sua necessidade, o que pode ser feito pela equipe de TI.

Uma escolha correta ajuda a reduzir custos, obter opções mais personalizadas e melhorar o gerenciamento de software. Além disso, a garantia de software incluída com as licenças ajuda você a obter o máximo do seu investimento na área.

A regularização nada mais é do que ter o direito, garantido por lei, de instalar, utilizar, acessar, exibir e executar o software. Ao obter a licença e regularizar Softwares da Microsoft, você deve concordar com os Termos de Licença de Software da Microsoft.

A grande vantagem de contar com um software licenciado é a proteção contra todos os riscos acima mencionados, além do suporte técnico oferecido pela empresa.

A importância de auxílio na gestão dos aplicativos

Não basta, porém, regularizar Softwares da Microsoft. É preciso ter uma assistência adequada para fazer a gestão dos aplicativos da maneira correta, com um bom backup de dados e atualizações constantes no sistema para pequenas e médias empresas.

Inclusive, as empresas de médio porte que, em geral, possuem mais de um computador rodando programas ao mesmo tempo deve ter especial atenção à esse auxílio.

E como a assistência contribui para a gestão dos aplicativos?

Em primeiro lugar, ela protege o negócio contra a falta de licença e mantém o controle do uso dos programas. Além da própria Microsoft oferecer sistemas voltados a essa função (Microsoft Software Asset Management, Microsoft Assessment and Planning e System Center), os profissionais responsáveis devem se atentar para que tudo esteja regularizado.

Outra forma de fazer a boa gestão de aplicativos é manter a documentação de TI em dia, o que possibilita verificar os programas que têm mais uso e quais as licenças estão ativas em cada software.

Por fim, é muito importante lembrar que a Microsoft possui uma política firme de auditoria de seus softwares. Uma empresa pode receber uma notificação da gigante de tecnologia caso não tenha programas regularizados.

Por isso, se os softwares instalados em seu ambiente de trabalho são legais, basta que comprove a permissão de uso. Caso contrário, você pode enfrentar problemas.

Na dúvida, conte com um auxílio especializado de TI para regularizar Softwares da Microsoft e pode usufruir de todos os benefícios que as soluções da gigante de tecnologia pode oferecer a sua empresa. Conte com a 4infra para encontrar as melhores ferramentas para seu negócio!


26 de junho de 2018

Próximos Artigos
Deixe uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe este artigo

Assuntos Relacionados
HDD e SSD: saiba a diferença e qual usar no seu servidor
30 de agosto de 2021
Entenda a importância do RTO e RPO
27 de agosto de 2021
Conheça as vantagens da Rede Social Corporativa e Intranet
25 de agosto de 2021
Ataque DDoS: saiba como proteger sua empresa!
23 de agosto de 2021
1 2 3 111
chevron-down