(031) 3195-0580
4infra

Lançamento Windows 11: conheça as novidades

Lançamento Windows 11: conheça as novidades

Até o final de 2021, os usuários do sistema operacional Windows terão uma novidade. Com novas ferramentas, aplicativos e aparência inovadora, o lançamento do Windows 11 também trará novidades na tecnologia de segurança do sistema.

Apesar da promessa de que o Windows 10 seria a última atualização significativa do sistema, a novidade traz várias mudanças no layout da página e widgets. A loja de aplicativos  Microsoft Store, por exemplo, trará novidades para os usuários. 

O que esperar do lançamento do Windows 11?

Gratuita para todos os usuários, a estratégia da companhia nessa atualização foi unir as interfaces do desktop convencional com as telas sensíveis ao toque. O novo sistema traz o menu centralizado, abandonando os blocos dinâmicos do sistema anterior. 

Outra novidade na aparência do sistema é a lista de programas na vertical, que proporciona um visual mais simples. Também há mudanças na roupagem dos widgets, como o de previsão do tempo e de notícias. 

As novidades também se estenderam para o som do sistema. A inicialização do Windows apresenta uma nova melodia de inicialização para os usuários. 

Mais produtividade e novidades nos apps

O recurso de Snap layouts proporciona um ambiente mais produtivo com o novo sistema operacional. A função multitarefas permite ao usuário a possibilidade de exibir até três janelas de maneira simultânea. 

Outra mudança está na loja de aplicativos. Com suporte para programas android, os PCs do sistema terão acesso a aplicativos como TikTok e Instagram. As novidades também se estendem para ferramentas do sistema. 

A ferramenta de comunicação corporativa Microsoft Teams, por exemplo, será um aplicativo nativo o que trará mais integração com o sistema. O mesmo instrumento de comunicação  está disponibilizando mais recursos gratuitos para que o Microsoft Teams seja também usado no âmbito pessoal, como uma forma de conectar pessoas durante a pandemia. 

Para os amantes dos games, o Windows 11 terá um novo modelo de aplicativo do Xbox. Nele, serão combinados os jogos do Xbox Game Pass, além do DirectStorage, que promete otimizar as velocidades dos SSDs de última geração na execução de jogos. Os fãs do mundo gamer também terão cores mais vivas com auto HDR nos monitores compatíveis. 

O que há de novo no sistema de segurança?

Apesar das inúmeras mudanças na nova atualização, o sistema do Windows 11 permanece o mesmo. Uma das grandes diferenças entre o novo sistema e o antigo está no sistema de segurança. 

Isso porque, nos sistemas anteriores, não havia exigências relacionadas à presença das tecnologias TPM e UEFI. Essas mudanças irão impactar em computadores que não possuem o hardware necessário para atualização e na criptografia de dados dos usuários. 

Assim, os computadores que possuem peças antigas, como do varejo brasileiro que pode conter peças de 2015 e 2021 simultaneamente, por exemplo, não conseguirão atualizar para o novo sistema.

TPM e UEFI: quais são as funções dos componentes exigidos pelo Windows 11

Sigla que significa "Módulo de Plataforma Confiável", o TPM é um dos sistemas mais recentes que está relacionado ao fTPM, também nomeados como PTT, que é uma camada de software que o TPM faz parte. 

Componente do processador de segurança de dados ligado a criptografia, o TPM está relacionado ao conceito de “Computação Confiável”. Nele, são desenvolvidos mecanismos para os computadores usarem bases de segurança em atividades. 

O TPM opera com o armazenamento de chaves criptografadas, além de detectar mudanças no software. Assim, esse sistema impossibilita que softwares maliciosos, que podem invadir, atacar ou espionar dispositivos, burlem as funções de segurança. 

Já o UEFI, sigla de Interface Unificada de Firmware Extensível, tem o objetivo de unificar a linguagem dos componentes de dispositivos como tablets e computadores. Dessa forma, a interface proporciona uma comunicação mais inteligente dos dispositivos com sistema operacional, o que facilita a criação de novos recursos e soluções inovadoras. 

No sistema Windows, o UEFI é vital para a tecnologia “Secure Boot” ("Inicialização Segura"), que busca impedir alterações no software que carrega o sistema operacional. 

Os sistemas que não possuem o Secure Boot podem enfrentar grandes problemas, como a possibilidade de um vírus adulterar a camada de inicialização. Essa ação pode comprometer os outros recursos de segurança do computador. 

Saiba os requisitos mínimos do lançamento do Windows 11

Para usar a nova atualização da Microsoft, é preciso o processador de 1 gigahertz (GHz) ou mais rápido com 2 ou mais núcleos em um processador de 64 bits compatível ou System on a Chip (SoC). 

Em relação à memória, é indicada que seja de 4 GB de Ram. O dispositivo precisa do  armazenamento de 64 GB ou mais e a tela com mais de 9 polegadas e resolução HD (720p). 

O novo sistema também exige placa gráfica com gráficos compatíveis  com DirectX 12/WDDM 2.x.  O sistema também necessita de conta da Microsoft com conexão à internet para configuração do Windows 11 Home. Quer saber mais sobre o lançamento do windows 11? Agende um horário com um de nossos especialistas!


21 de julho de 2021

Próximos Artigos
Deixe uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe este artigo

Assuntos Relacionados
HDD e SSD: saiba a diferença e qual usar no seu servidor
30 de agosto de 2021
Entenda a importância do RTO e RPO
27 de agosto de 2021
Conheça as vantagens da Rede Social Corporativa e Intranet
25 de agosto de 2021
Ataque DDoS: saiba como proteger sua empresa!
23 de agosto de 2021
1 2 3 111
chevron-down