(031) 3195-0580
4infra

Já faz muito tempo que a internet deixou de ser um serviço opcional nas empresas. Estar conectado é uma das melhores estratégias para alcançar eficácia no negócio.

A comunicação instantânea permite que a organização esteja constantemente ativa, não apenas internamente, mas também com os clientes e os demais públicos externos. Fechamento de negócios e tomadas de decisão é uma rotina no meio empresarial.

Contudo, deixar de fechar uma venda por perda de conexão, devido à internet lenta, é algo impraticável nos dias de hoje.

Por conta de situações como essa é que não se pode subestimar a importância da velocidade da internet. Garantir um nível adequado do serviço significa que a empresa vai continuar a crescer.

Internet: recurso estratégico para empresas

As instituições não podem ver a internet local, ou wifi, apenas como serviço prestado por um provedor. Na verdade, ela é recurso estratégico para toda organização.

Pense na possibilidade de ficar um dia sem internet no seu negócio. Imagine o prejuízo que a empresa não teria.

Hoje, precisamos desse recurso para praticamente tudo: envio de correspondência, protocolos, cotação, fechamento de vendas, rastreamento de encomendas, controle financeiro e muitas outras atividades de rotina – que só vão ser possíveis pela internet.

Isso significa que a ferramenta representa a maior fonte de informação facilmente acessível de todos os tempos. Por já estar inserida no cotidiano dos usuários e das organizações, muitas vezes não percebemos que ela também possui suas próprias limitações.

A capacidade da internet em transmitir dados com maior ou menor rapidez vai depender da velocidade contratada. Por isso, é preciso dimensionar muito bem esse recurso.

Afinal, pouca internet pode prejudicar a produtividade dos empregados, ao passo que o excesso é considerado um desperdício, podendo se tornar um custo desnecessário para os gestores.

Como melhorar a conexão com a internet

Para viabilizar os ajustes que devem ser realizados nas empresas, em relação à quantidade de internet, é preciso levar em consideração dois fatores: velocidade e largura de banda.

Velocidade da internet é um número que o provedor te vende; por exemplo, 5 Mbps. Isso quer dizer que você pode receber até 5 megabits de dados por segundo. Se você contratou esse valor, mas quer transmitir um dado ou baixar uma imagem de 10 Mbps, o download da mensagem não seria instantâneo, demorando um pouco mais para concluir o processo.

Já a largura de banda é a medida de capacidade de uma transmissão, em especial de rede ou conexão, determinando a velocidade com que os dados passam por ela. Ou seja, quanto mais larga a banda, maior será a velocidade de uma conexão.

Saber se o uso da internet está adequado à capacidade da empresa depende de uma avaliação. Depois de estabelecer a quantidade de recurso utilizado, o próximo passo é prever as futuras demandas. Com base nessas informações é possível garantir uma velocidade suficiente para cobrir, inclusive, projeções de crescimento.

Para estimar esse valor, considere o número de funcionários e calcule a quantidade de tempo que cada um passa online, já que a natureza da atividade determina a capacidade de internet utilizada.

Além desses fatores, é recomendada instalação de Firewall, um gestor de conteúdo e uma análise de redes corporativas para melhorar e dar mais confiabilidade ao estudo. Muitos pontos são avaliados para identificar a maneira mais conveniente de otimizar a internet, inclusive sobre onde colocar o roteador de wifi para ter um sinal mais forte.

É claro que você e sua equipe não precisam fazer esse trabalho sozinhos.  Para isso, conte com a ajuda de um time que conhece muito desse mercado.

Não espere ter problemas na transmissão dos seus dados para procurar uma consultoria. Fale, agora, com a 4Infra!

O Wifi para empresas é uma tecnologia que revolucionou o ambiente corporativo. Porém, sem os cuidados adequados, ataques cibernéticos e vazamento de informações estratégicas se tornam comuns.

É uma grande dor de cabeça quando incidentes como esses acontecem, e os gestores devem estar cientes de que devem investir para evitá-los. Veja como utilizar o Wifi corporativo sem problemas!

Priorize a segurança

O Wifi para empresas exige medidas de segurança eficientes para funcionar bem e proteger os dados empresariais. Nunca é demais lembrar que as informações são ativos estratégicos, que devem ser guardados a 7 chaves. Por isso, é importante que a equipe de TI avalie o ambiente e implemente soluções seguras.

A primeira delas é manter o firewall ativado. Esse dispositivo de segurança de rede monitora todo o tráfego de entrada e saída, podendo permitir ou bloquear tráfegos específicos conforme definição das regras internas de segurança. Quando ele está desativado, os equipamentos ligados ao Wifi corporativo estão expostos a ameaças da rede. No mesmo sentido, é fundamental ter o antivírus atualizado.

Outra medida importante no Wifi para empresas é utilizar os protocolos de segurança, como o WAP (Wireless Application Protocol), para criptografar o tráfego de dados entre a empresa e o Acess Point. Trabalhar com dados criptografados é imprescindível para que terceiros não consigam acesso aos dados.

Una segurança e eficiência

O Wi-fi para empresas possui recursos mais robustos, que auxiliam na eficiência da proteção do ambiente corporativo. A rede não pode estar vulnerável, deixando as portas abertas para ransomwares e hackers. Existem algumas formas de ser eficiente no Wifi corporativo sem esquecer a segurança.

Manter o Wifi desligado fora do horário de trabalho, por exemplo, evita que terceiros não autorizados entrem na rede, acessem e explorem os dados corporativos. Existe outra prática que evita dor de cabeça, apesar de incomum.

Desabilitar o DHCP (Dynamic Host Configuration Protocol) dificulta a ação de hackers, já que ele teria que decifrar o IP da rede, a máscara de rede e outros parâmetros de TCP/IP.

Estabelecer senhas e listas de acesso também é uma medida importante e eficiente. É possível saber quais os usuários acessaram determinadas informações, o que evita que outras pessoas se conectem ao Wifi corporativo.

A propósito, sua empresa estabelece níveis de acesso? Lembre-se de que nem todos os funcionários podem saber informações estratégicas.

Por fim, automatizar processos, além de contribuir para a produtividade e eficiência da equipe, contribui para a segurança do Wifi para empresas. O backup automático é uma boa forma de manter os dados da rede corporativa seguros e disponíveis.

Escolha o equipamento WIFI correto

Uma das práticas muito importantes na hora de evitar dores de cabeça com o Wifi para empresas é escolher o equipamento mais adequado para o ambiente corporativo. É preciso levar em conta o número de usuários internos e de usuários visitantes (externos) que se conectarão simultaneamente no mesmo dispositivo. É uma forma de aumentar a eficiência.

Além disso, é importante isolar a rede corporativa da rede de visitantes para garantir a segurança da rede interna. Um bom dimensionamento garante um sinal de qualidade e a internet rápida para todos os usuários.

Muitas vezes, são encontrados roteadores de nível residencial em ambientes corporativos, o que justifica a lentidão do acesso. Somente com equipamentos projetados para suportar vários dispositivos conectados ao mesmo instante é possível ter um bom Wifi na empresa.

Conte com um suporte técnico

Como garantir segurança e eficiência no Wifi para empresas? Com um consultoria de TI, que fornece profissionais especializados para instalar e configurar a melhor rede corporativa possível, além de fazer a manutenção mensal.

A consultoria é preparada para ajudar a sua empresa a aprimorar grande parte dos seus processos, indicando e implantado sistemas em todas as frentes do seu negócio.

É ela também que proporcionará um ganho de produtividade da equipe interna de TI, que não precisará se preocupar com as questões do Wifi corporativo. Os profissionais da sua empresa poderão focar no negócio ao invés de realizar backups, atualizações, antivírus e configurações de rede.

Não ter o auxílio de uma consultoria é um dos erros que pode prejudicar a escalabilidade do seu negócio, já que a segurança do ambiente de TI fica comprometida.

O Wifi para empresas modificou positivamente os fluxos de trabalho no ambiente corporativo. Com segurança e eficiência, os gestores podem usufruir dos inúmeros benefícios de utilizar uma rede corporativa estável e disponível.

Com o auxílio de uma consultoria de TI, você terá o melhor Wifi corporativo para seu ambiente!

Precisa de ajuda? Entre em contato conosco!

Muitas vezes nos fazemos essa pergunta, o que é um firewall? Qual motivo de termos essa ferramenta?

Um firewall é considerado umas das ferramentas mais eficazes contra-ataques e invasões de hackers em sua rede de dados pessoais através de várias portas de acessos da internet.

Ao instalar um firewall “software” o administrador da rede está prevenindo a segurança de todo ambiente contra invasão e quebra de segurança na rede, tornando assim um ambiente mais seguro e confiável.

O firewall não dispensa o uso de antivírus corporativo pois levando em consideração do mesmo ser apenas uma barreira que filtra os acessos externo e tentativas maliciosas de ataques as suas informações.

O antivírus serve para verificar arquivos e saber ser possui algum tipo de codificação que possa danificar o seu computador ou prejudicar no seu desempenho. Por sua vez é sempre bom ter um antivírus bom pois o mesmo evita outros meios de vulnerabilidades e outras portas de entrada de infecção em sua rede.

 

Exemplo 1: Firewall para toda a rede

firewall diagrama

Neste exemplo mostra bem claro como é feito a barreira de conteúdo filtrado através do firewall e distribuído as informações assim liberadas pelo administrador da rede para as demais maquinas de seu ambiente de trabalho ou residência.

 

Exemplo 2: Firewall instalado no próprio sistema operacional Windows / Linux / Mac

O firewall cria uma barreira entre a internet e os desktops, ocasionando assim uma maior proteção.

Firewall do Windows também funciona como uma espécie de barreira, porem atuando localmente nas estações de trabalho, quando o firewall está ativado, a maioria dos programas ficam impedidos de se comunicar através da rede ou internet, neste caso são criadas regras que individualmente conforme a necessidade de se bloquear ou liberar determinado aplicativo fazer conexão para fora.

chevron-down