(031) 3195-0580
4infra

Inteligência Artificial na TI: devo investir?

Inteligência Artificial na TI: devo investir?

Muito se fala em inteligência artificial e como ela pode transformar o mundo dos negócios. Mas como saber se o investimento nessa tecnologia vale a pena? Será que existe algo de inteligência artificial na TI que merece nossa atenção?

A Inteligência Artificial é uma realidade no cotidiano das pessoas, mesmo que seja imperceptível para muita gente. Ela está no assistente de voz do smartphone, rotas sugeridas por aplicativos de geolocalização e em recomendações da Netflix e do Spotify, entre outras inovações.

No entanto, a mesma IA utilizada pelas organizações para desenvolver produtos e serviços também é aplicada na TI, a partir do desenvolvimento de sistemas que atendam às necessidades dos negócios.

Isso quer dizer que tarefas repetitivas, demoradas, que exigem certo esforço e até mesmo com custo alto, agora são automatizadas, melhorando a eficácia e a agilidade do serviço.

O que é Inteligência Artificial?

A IA é um ramo da tecnologia que elabora dispositivos que simulam a capacidade humana de raciocinar, tomar decisões e resolver problemas de forma rápida e eficiente.

Ela ajuda pessoas e empresas a executar atividades simples, como uma busca no Google, ou complexas, como máquinas industriais que operam sem a presença humana. Isso porque hardwares e softwares baseados em Inteligência Artificial aprendem a fazer quase tudo sozinhos.

Impactos da Inteligência Artificial na TI

A IA está em constante evolução, com criações que objetivam a resolução de problemas corporativos, sejam eles internos ou externos, com fornecedores, com clientes e comunidades em geral.

Vejamos algumas aplicabilidades da inteligência artificial na TI:

Service Desk

O Service Desk é a evolução do Help Desk, cujo principal objetivo é o recebimento das “chamadas” de clientes com problemas nos seus sistemas.

Hoje o Service Desk não só recebe e soluciona demandas, mas também pode atuar como um braço de consultoria na área de TI, exigindo dos profissionais especializações e alto nível de conhecimento.

Por ter que lidar com um grande número de informações e depois cruzar os dados para chegar às possíveis soluções, contar somente com a capacidade humana pode deixar o processo moroso e pouco confiável.

A IA consegue aperfeiçoar o Service Desk, atualizando e integrando novos conhecimentos à medida que os fatos vão surgindo. Ela evolui de forma escalável, ou seja, aumentando sua capacidade sem exigir novos recursos por parte das organizações.

Graças à inteligência artificial na TI, o Service Desk ganha:

  • Em aprendizagem, pois é capaz de melhorar sua própria eficiência;
  • Em previsão, conseguindo obter muitas informações para fazer prognóstico e planejar o processo de atendimento;
  • Em recomendação, pois a IA utiliza o histórico dos usuários para personalizar o serviço.

Machine learning

Machine Learning, ou aprendizado das máquinas, é o conjunto de métodos utilizados na Inteligência Artificial para “ensinar” programas a se autodesenvolver a partir de dados, informações e padrões.

Hoje em dia podemos ver ferramentas que analisam os dados por conta própria. Dessa forma, quanto mais informações disponíveis, melhor é a análise e mais o sistema aprende. Assim, a máquina não é programada apenas para executar tarefas específicas, mas elas usam algoritmos complexos que interpretam dados e tomam decisões.

O machine learning é muito utilizado nos motores de busca online, coleta e análise de dados, detecção de spam, organização e classificação de informações, reconhecimento biométrico e muito mais.

Soluções em segurança

A segurança digital é um dos grandes gargalos corporativos. A falta de prevenção pode fazer com que dados sigilosos, contas bancárias, fornecimento de insumos, entre outros, sejam prejudicados por ataques cibernéticos.

Muitas empresas buscam novas formas de proteção baseadas em IA. A ferramenta acompanha o progresso da segurança digital, detectando e remediando possíveis ameaças.

Muitos bancos já utilizam esse tipo de tecnologia para identificar atividades fraudulentas, verificando as transações dos clientes a partir de sua experiência de compra.

Para isso, utiliza-se uma solução que acompanha as tendências contra hackers: o Firewall com IA. A Fortinet é uma das pioneiras em adaptar a Inteligência Artificial para ensinar máquinas sobre análises de ataques avançados. Assim, é possível produzir mecanismos de defesa inteligentes para uma proteção aprimorada.

 

A IA tem apresentado soluções para problemas complexos vividos pelas empresas – e a inteligência artificial na TI, especificamente, vale, sim, nossa atenção e investimento. Se você ainda não sabe qual seria a melhor aplicação dessa inovação no eu caso, entre em contato com a 4Infra e vamos, juntos, analisar o cenário ideal.


20 de novembro de 2020

Próximos Artigos
Deixe uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe este artigo

Assuntos Relacionados
HDD e SSD: saiba a diferença e qual usar no seu servidor
30 de agosto de 2021
Entenda a importância do RTO e RPO
27 de agosto de 2021
Conheça as vantagens da Rede Social Corporativa e Intranet
25 de agosto de 2021
Ataque DDoS: saiba como proteger sua empresa!
23 de agosto de 2021
1 2 3 111
chevron-down