(031) 3195-0580
4infra

Saiba o que é e como funciona IPV6

Saiba o que é e como funciona IPV6

Hoje, quase todos os dias desenvolvemos alguma atividade ligada à internet. Seja a trabalho ou para jogar com os amigos, é assustador pensar na quantidade de usuários conectados à web que existe em todo o planeta. 

No Brasil, o número de mais de domicílios com internet chegou a 82,7% em 2019. É o que demonstra a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 

Manter cada um dos pontos do planeta com acesso a internet é um dos temas relacionados ao IPV6. Continue lendo a publicação e saiba o que é e a importância desse dispositivo para o acesso a internet. 

Afinal, o que é o IPV6?

Quando cada um dos usuário se conecta a internet, um Internet Protocol, o IP, é associado a sua máquina. Com o grande volume de computadores e dispositivos móveis usando a internet, os número de IP estão cada vez mais escassos. 

Com o intuito de solucionar esse problema, surge o Internet Protocol version 6, também conhecido pela sigla IPV6. Lançado em 2012, a proposta desse novo protocolo surgiu em 1998. 

Antes de qualquer coisa, é importante destacar que no início a internet não foi desenvolvida pensando em chegar a um grande número de usuário. Entretanto, com o passar do tempo, a conexão se popularizou. 

Mudança do IPV4 para IPV6

Com o grande número de usuários, foi necessário desenvolver uma nova possibilidade de IP. No início, o IPV4, que é a versão anterior ao IPV6, havia 4 bilhões de combinações. Com o grande número de usuários, esse valor já não era mais suficiente. 

Caso esse processo de mudança dos IPs não aconteça, existe uma grande possibilidade de esgotamento do IPV4. Isso impactaria a possibilidade de usar o sistema com alta produtividade. 

Permanecer no antigo protocolo de internet, impacta também a forma como navegamos e o seu custo. Vídeos que não carregam, a impossibilidade de entrar em alguns sites mais pesados são alguns cenários que serão comuns caso essa transformação não aconteça. 

Nesse processo de mudança, os dois protocolos existem de maneira simultânea. Com o objetivo de aumentar o número de combinações, o IPV6 proporciona algumas vantagens.

A configuração de rede simplificada, roteamento de conexão mais eficiente e as melhorias da segurança são algumas mudanças com impacto positivo. Outros benefícios são o fluxo de dados direto, o processamento dos pacotes de internet e um suporte mais preparado.  

Outra tecnologia que nasce a partir do IPV6 é a criptografia. O protocolo pode garantir que os dados dos usuários serão manejados de forma mais confiável, com autenticidade e integridade. 

Inovações possíveis com novo protocolo de internet

Hoje, cada vez mais objetos conseguem se conectar à rede de internet. Lâmpadas, geladeiras e até janelas podem ser ligadas a dispositivos móveis como o aparelho de celular e o tablet. 

A partir do IPV6, novos horizontes foram ampliados com a novidade no mundo da tecnologia. Os exemplos acima são algumas possibilidades que nascem a partir de uma conexão eficiente. 

Afinal, aparelhos inteligentes como televisores e outros objetos controlados por dispositivos móveis não são possíveis sem o acesso a internet de qualidade. Por isso, a mudança é tão importante. 

Para que essa transformação aconteça, empresas e usuários precisam ajudar nesse processo de mudança. Os negócios que atuam no setor de desenvolvimento de sites e software devem ajudar nesse mudança. 

Outras áreas como os fabricantes de equipamento e provedores de internet devem olhar com atenção ao criar produtos e ferramentas que usem o IPV6. Já o usuário, irá desempenhar um papel importante de consumir dispositivos aptos para o IPV6. 

Depois de conhecer mais sobre o IPV6, é importante analisar se sua empresa já está preparada para essa nova tecnologia. A 4infra oferece consultorias para a área de TI, entre em contato com nossa equipe aqui! 

 


16 de agosto de 2021

Próximos Artigos
Deixe uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe este artigo

Assuntos Relacionados
HDD e SSD: saiba a diferença e qual usar no seu servidor
30 de agosto de 2021
Entenda a importância do RTO e RPO
27 de agosto de 2021
Conheça as vantagens da Rede Social Corporativa e Intranet
25 de agosto de 2021
Ataque DDoS: saiba como proteger sua empresa!
23 de agosto de 2021
1 2 3 111
chevron-down