(031) 3195-0580
4infra

Como implantar um plano de Manutenção Preventiva de TI?

Como implantar um plano de Manutenção Preventiva de TI?

Uma empresa que não pensa de forma estratégica espera ter problemas em sua infraestrutura de tecnologia da informação para resolvê-los. Não ter os equipamentos, recursos e soluções de TI sempre disponíveis pode ocasionar grande perda financeira, já que o serviço ou produto fica fora do ar. Por esse motivo, muitos empresários elaboram e implantam um plano de Manutenção Preventiva de TI. Confira como isso é feito!

Entenda o que é manutenção preventiva de TI

Manutenção Preventiva de TI é uma ação baseada em uma análise prévia, feita de tempos em tempos, que objetiva evitar problemas que comprometam a infraestrutura, encontrando potenciais erros e corrigindo-os antes que afetem o fluxo de trabalho empresarial.

Essa prevenção consegue manter os equipamentos e os sistemas funcionando perfeitamente, o que minimiza desgastes e falhas. Isso evita a manutenção corretiva, que é aquela que acontece após o problema.

À primeira vista, a Manutenção Preventiva de TI envolve um ônus financeiro, afinal, é preciso trabalhar regular e periodicamente para a prevenção de erros.

Entretanto, quando comparada com a manutenção corretiva, que possui alto custo para o faturamento e para a produtividade, ela tem ótimo custo-benefício. Isso porque um sistema fora do ar ou outro problema de TI impede o trabalho dos profissionais, interferindo diretamente na atividade.

Em suma, além de não ser pego de surpresa com problemas de TI, a prevenção elimina gastos desnecessários, contribui para as finanças empresariais e garante a disponibilidade de recursos.

A manutenção preventiva de TI deve, porém, ser planejada para apresentar bons resultados.

Faça um bom planejamento de manutenção preventiva de TI

A eficiência da manutenção preventiva de TI está em seu planejamento. O profissional responsável deve, inicialmente, fazer a avaliação do ambiente e da infraestrutura, estabelecer um cronograma de manutenção e listar todas as atividades que devem ser realizadas.

Com essas informações, ele poderá estabelecer um plano de ação para manutenção preventiva.

O cronograma é muito importante para definir datas, agendar com o departamento que será avaliado e registrar procedimentos realizados. Essa organização propicia um histórico completo que podem ser utilizados em futuras manutenção, além de ser um guia para a execução.

Dentre as tarefas de manutenção preventiva de TI, podemos citar como exemplos:

  • Atualização do sistema operacional;
  • Atualização de softwares;
  • Atualização e verificação de antivírus;
  • Backup (inclusive agendamento automático).

Com as tarefas e o cronograma prontos, é possível se antecipar aos fatos e garantir agilidade no processo e alta disponibilidade dos serviços. O trabalho técnico terá decisões mais acertadas, tendo sempre em mente a segurança da informação.

O resultado da manutenção são sempre os relatórios informativos que documentam o histórico das atividades realizadas, bem como dos problemas encontrados e de suas correções. Eles contribuem também para a transparência nos processos de auditoria.

Contrate uma consultoria especializada

Por se tratar de uma atividade que não é simples e que demanda dedicação e tempo, muitas empresas preferem não ocupar seus colaboradores para implantar o plano de manutenção preventiva. Eles devem ser utilizados em atividades estratégicas e prioritárias ao invés de se ocuparem periodicamente com as tarefas de manutenção.

Por este motivo, é sempre mais lucrativo e seguro terceirizar este serviço com uma consultoria especializada de TI. Além dos procedimentos técnicos, ela poderá observar as práticas empresariais relacionadas à TI e colaborar com sugestões interessantes para a rotina da equipe interna.

Um bom plano de Manutenção Preventiva de TI deve ser bem planejado nos ambientes corporativos para que atinjam seus objetivos de manter os recursos sempre disponíveis para os profissionais. Somente por meio da terceirização desse serviço por meio de uma consultoria especializada de TI é possível dar a devida atenção ao plano, reduzindo custos operacionais e trabalhando em prol da disponibilidade da segurança da informação.

Se você quer evitar problemas com sua TI, faça já seu plano de manutenção preventiva!


17 de abril de 2018

Próximos Artigos
Deixe uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe este artigo

Assuntos Relacionados
HDD e SSD: saiba a diferença e qual usar no seu servidor
30 de agosto de 2021
Entenda a importância do RTO e RPO
27 de agosto de 2021
Conheça as vantagens da Rede Social Corporativa e Intranet
25 de agosto de 2021
Ataque DDoS: saiba como proteger sua empresa!
23 de agosto de 2021
1 2 3 111
chevron-down