(031) 3195-0580
4infra

A manutenção remota é realmente segura?

A manutenção remota é realmente segura?

Atualmente, muitas empresas optam por realizar a manutenção remota, mas será que essa prática é segura para ambos os lados?

A manutenção remota é uma prática que consiste em acessar dispositivos ou softwares de maneira remota, ou seja, de qualquer lugar da cidade, estado, país ou mesmo em qualquer outro lugar do mundo. Os serviços de acesso remoto em geral estão sendo cada vez mais utilizados por pessoas e empresas devido aos seu grande número de benefícios.

Mas será que a utilização da manutenção remota é segura e realmente benéfica para seus usuários?

O que é e como funciona a manutenção remota?

Os serviços de manutenção remota em geral consistem na prática de solucionar problemas à distância, por meio de softwares específicos em cada um dos dispositivos utilizados.

Não necessariamente para resolver problemas de TI, mas também podendo ser utilizada para a resolução de qualquer tipo de problema dentro de uma empresa.

Ela funciona, geralmente, a partir da criação de uma VPN (Virtual Private Network), uma rede privada que cria uma conexão entre dois pontos e garante a exclusividade e segurança no processo. A manutenção remota também é possível de ser realizada por meio dos serviços de nuvem.

Essa forma de manutenção está crescendo consideravelmente no mercado, principalmente devido ao fato de proporcionar economias com o deslocamento de técnicos e por resolver os problemas com muito mais rapidez.

A manutenção remota também permite que técnicos capacitados trabalhem de qualquer lugar do globo para oferecer o melhor e mais eficaz atendimento possível.

Mas será que a manutenção remota é realmente segura?

Acessando um computador ou software remotamente é possível se ter acesso a todo aquele sistema e muitos de seus usuários questionam a real segurança que essa atividade oferece.

Toda empresa que oferece esse tipo de serviço deve ter protocolos para garantir a segurança dos dados de seus clientes, então o esperado é que sim: a manutenção remota é segura.

Em primeiro lugar, é preciso ressaltar que mesmo o técnico responsável pela manutenção só terá acesso ao dispositivo se o cliente em questão fornecer uma senha de autenticação. Durante o processo também, aquele que está recebendo a manutenção pode ver na dela de seu dispositivo os locais que o técnico está acessando, podendo cancelar a transmissão de dados a qualquer momento se assim achar necessário.

Por funcionar a partir de VPNS e códigos de segurança, a manutenção remota também confere a segurança aos usuários por meio da sua infraestrutura, ou seja, dificultando o acesso de hackers, por exemplo.

Além disso permitir que a manutenção seja realizada remotamente também traz mais segurança aos usuários ao evitar a necessidade de receber técnicos “desconhecidos” em sua sede ou seu domicílio, auxiliando também a evitar possíveis fraudes.

E de qualquer forma, ao solicitar serviços de manutenção remota o cliente sempre dará preferência para empresas renomadas. Essas empresas já atuam na área há um tempo considerável e estão sempre investindo em soluções de segurança e treinamentos de funcionários justamente para garantir a satisfação de seus clientes.

O mesmo vale para a empresa que oferece esse tipo de serviço, a qual sempre deve considerar os softwares e soluções mais adequadas para continuar oferecendo um trabalho de qualidade.

Preste atenção!

A manutenção remota é segura, porém não significa que você também não deve tomar algumas precauções para sua própria segurança, tais como criptografar arquivos sigilosos, ler todas as permissões solicitadas, observar o que está sendo feito, oferecer os melhores serviços, etc.

Lembre-se também que a melhor forma de garantir a sua segurança é justamente entrando em contato com quem entende e já atua na área, como por exemplo por meio de uma consultoria especializada para te orientar e tirar todas as suas dúvidas.

Quer saber mais? Entre em contato com a 4infra!

Próximos Artigos
Deixe uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe este artigo

Assuntos Relacionados
HDD e SSD: saiba a diferença e qual usar no seu servidor
30 de agosto de 2021
Entenda a importância do RTO e RPO
27 de agosto de 2021
Conheça as vantagens da Rede Social Corporativa e Intranet
25 de agosto de 2021
Ataque DDoS: saiba como proteger sua empresa!
23 de agosto de 2021
1 2 3 111
chevron-down