(031) 3195-0580
4infra

5 elementos indispensáveis na construção da infraestrutura de TI empresarial

5 elementos indispensáveis na construção da infraestrutura de TI empresarial

Materialmente falando, a infraestrutura de TI empresarial é o bem mais valioso da administração. O investimento em tempo e dinheiro nessa área é fundamental para tornar o negócio mais competitivo no mercado, colaborando com diversas frentes do trabalho.

Para facilitar a mensuração dos custos da equipe de TI, existe uma fórmula conhecida como TCO (Total Cost of Ownership ou Custo total de propriedade), bastante útil para que o empresário compreenda se a companhia lucra ou perde investimentos graças a infra disponibilizada. Colocando na ponta do lápis aspectos importantes como esse, surge a possibilidade de identificar lacunas e chances de melhorias, facilitando sua execução.

Na contabilização total da infraestrutura de TI, são levados em conta os gastos com softwares, hardwares, comunicação e custos de mão de obra para instalar equipamentos, bem como a desvalorização e depreciação dos bens.

#1 Hardwares e softwares

Os hardwares e softwares, conforme listados anteriormente, ocupam grande espaço no total final da estrutura de TI. Todos os equipamentos, computadores, locais de armazenamento, aplicativos próprios ou terceirizados, que colaboram com o desenvolvimento do trabalho, seja qual for a área, se encaixam à listagem.

Quanto mais organizado o empreendimento for, mais fácil será o levantamento do inventário. Não haverá dificuldades em identificar o número de computadores, notebooks, sistemas operacionais, softwares, capacidade de memória de cada máquina e uso de antivírus caso exista um excelente trabalho de curadoria em constante andamento da companhia.

Antes de oferecer ferramentas úteis aos colaboradores, registre cada passo da máquina ou software. Organizando tudo em uma planilha e plataforma inteligente, fica simples entender a vida útil da infraestrutura e a localização de qualquer material, mesmo que seja um pequeno mouse ou pendrive.

A dica para quem procura por ferramentas de inventário gratuitas e de qualidade é a Spiceworks. O aplicativo é tão potente que não necessita de inserção manual dos bens conectados ao acesso corporativo. Basta escanear a rede e, pronto, os dados são automaticamente registrados.

Entretanto, para que a ferramenta consiga contabilizar o patrimônio, é necessário que os dispositivos tenham firewall liberado. Caso não seja a realidade da sua companhia, a próprio Spiceworks possui um tutorial de como realizar a tarefa.

#2 Data Center

Assim como a grande maioria dos equipamentos em uma empresa, a estrutura de armazenamento também tem um prazo de eficiência definido. Por isso é tão importante avaliar a depreciação das máquinas do Data Center, evitando que dados importantes se percam devido a falta de manutenção.

O Data Center faz parte de uma das maiores fatias de investimentos em uma infraestrutura de TI empresarial. Acompanhar a vida útil dos equipamentos evita gastos desnecessários no futuro, na tentativa de resgatar informações.

Para empresas de menor porte, além de poupar dores de cabeça, optar pelo processo de virtualização ou armazenamento em nuvem dos dados da companhia, torna as etapas mais tecnológicas e modernas na companhia, diminuídos gastos com a montagem de espaços exclusivos de Data Center, a medida que possível.

#3 Frameworks

Os frameworks são as chamadas bibliotecas dos bons costumes, facilitando a construção e manutenção dos processos de gestão em um negócio. Para a montagem de projetos de estruturação de TI, existem dois tipos de frameworks mais famosos no mercado, o COBIT e ITIL.

O COBIT (Control Objectives for Information and Related Technology) é o mais popular entre os demais no Brasil, sendo recomendado para o ótimo gerenciamento de infraestruturas de Tecnologia da Informação. Além do mais, o framework aumenta o nível de segurança dos dados sensíveis, sem prejudicar a dinâmica do empreendimento.

Por sua vez, o ITIL (Information Technology Infrastructure Library) é o framework mais usado do planeta. Baseado na metodologia PDCA, sua proposta é sugerir melhoras na gestão e soluções que colaboram com a criação de etapas mais eficientes. 

#4 Gestão da infraestrutura de TI empresarial

A gestão também faz parte da listagem de gastos em uma infraestrutura de TI empresarial e é um elemento importantíssimo para gerenciamento de manutenções virtuais e gerais, agindo preventivamente para evitar atrasos em serviços e buscando soluções caso aconteçam. 

A gestão é importante para mensuração das necessidades da companhia, desde o atingimento de metas e análise da estrutura atual. Assim, é possível compreender o que é preciso para cumprir as demandas existentes.

Partindo do pressuposto de que todas as necessidades e possibilidades da companhia foram destacadas, é mais simples compreender junto à diretoria o que é urgente para a empresa, principalmente em termos de investimento financeiro. 

É graças aos levantamentos da gestão que torna-se possível mensurar os desafios a serem enfrentados e a capacidade da companhia de encará-los.

#5 Equipe especializada

O capital humano também faz parte da listagem para construir uma infraestrutura eficiente de Tecnologia da Informação. Os profissionais da área são os grandes responsáveis por colaborarem com sua expertise para o cumprimento de todos os outros quatro elementos da infra.

Para mensurar o investimento no time, fatores como férias e aposentadoria também devem ser acompanhados, oferecendo oportunidades de novas certificações e aprendizados na área, fortalecendo o capital intelectual dos colaboradores.

Possibilitando novos aprendizados, é provável que o gestor saiba identificar com clareza em qual setor o funcionário melhor se encaixa, de acordo com as habilidades que mais se destacam. Na contabilização final, poderemos notar benefícios para ambas as partes.

Sabemos que investimentos como esse estão fora da realidade de muitos negócios, principalmente aqueles de menor porte e com caixa limitado. Nesse caso, o outsourcing de TI, ou seja, a terceirização do time, é a solução mais assertiva para a companhia.

Utilize a tecnologia à favor do crescimento da empresa e tenha profissionais especializados em diferentes áreas, dispostos a colaborar com o desenvolvimento dos projetos de Tecnologia da Informação, tão necessários para a modernização e aceleração do negócio. 

Nesse caso, conte com a 4Infra para receber auxílio qualificado e elaborar juntos um plano personalizado de infraestrutura em TI. Entre em contato conosco.

 


14 de agosto de 2020

Próximos Artigos
Deixe uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe este artigo

Assuntos Relacionados
HDD e SSD: saiba a diferença e qual usar no seu servidor
30 de agosto de 2021
Entenda a importância do RTO e RPO
27 de agosto de 2021
Conheça as vantagens da Rede Social Corporativa e Intranet
25 de agosto de 2021
Ataque DDoS: saiba como proteger sua empresa!
23 de agosto de 2021
1 2 3 111
chevron-down