(031) 3195-0580
4infra

Filtro web x Firewall: Qual a diferença?

Filtro web x Firewall: Qual a diferença?

Ultimamente, o que mais tem preocupado as organizações é a questão da segurança na rede de dados. Por mais cuidado que se tenha, é difícil controlar tudo que transita pelos computadores.

O uso da internet é imprescindível para que o negócio funcione e dê retorno financeiro e de produtividade para a companhia. Contudo, ela pode ser a entrada de conteúdos maliciosos que danificam as máquinas, deixam os sistemas inoperantes e colocam em risco a segurança dos dados da empresa.

Para melhorar a proteção da sua rede de dados é possível contar com dispositivos que deixam o ambiente corporativo mais seguro. Dentre eles estão o Filtro Web e o Firewall.

Filtro Web

O Filtro Web é um software que restringe o acesso a determinados sites que podem conter malwares, informações inadequadas que não cabem no contexto da organização, além de programas suspeitos que podem prejudicar a segurança das informações.

Eles são frequentemente instalados como extensão do navegador, ou seja, um programa autônomo de computador e, também, parte de uma solução global de segurança.

Como funciona?

O acesso a internet é realizado através de um filtro. Cada pessoa ou setor são avaliados individualmente, levando em consideração as devidas necessidades para desenvolver um bom trabalho.

Exemplo: o funcionário da área de almoxarifado não tem necessidade de entrar, por exemplo, em páginas de redes sociais no horário de trabalho. Em contrapartida, o setor de Comunicação precisa ter essa permissão para atualizar conteúdos e responder aos comentários dos clientes.

O interessante dessa aplicação é que ela atribui aos funcionários e colaboradores todas as informações e detalhes dos seus acessos à internet, sendo possível gerar relatórios de acompanhamento das entradas em sites e seus respectivos horários.

O Filtro Web é um recurso bastante utilizado em empresas que querem bloquear conteúdos indesejados que possam não apenas dispersar a atenção dos usuários, como também permitir a entrada de vírus e malwares na rede de dados da companhia.

Firewall

Já o Firewall é um programa que filtra a informação que chega pela internet. A partir de regras pré-definidas, a solução analisa o tráfego de dados para determinar as operações que podem ser realizadas na companhia.

Ele funciona como uma “parede de fogo” que cria uma barreira de defesa que impede a transmissão de conteúdos indesejados. Com o Firewall é possível restringir o tráfego de determinadas informações, programas no computador do usuário ou em toda rede da organização.

No entanto, limitar o acesso do colaborador a todos os recursos não é o ideal, por isso a necessidade de criar regras de autorização para o uso das aplicações. Por exemplo, muitas organizações não permitem a entrada de funcionários nas páginas do Facebook, Instagram, Linkedin e outras redes sociais.

Contudo, o Firewall pode ser configurado para permitir o acesso a essas páginas a algumas áreas estratégicas da companhia, como Comunicação e Marketing, e, também, programar para que todos os funcionários tenham essa permissão em horários fixos, como período de almoço e final do expediente.

Existem vários tipos de Firewalls, inclusive os mais avançados que oferecem reforço em procedimentos de autenticação de usuários e no direcionamento de tráfego mais específico.

Qual dos dois utilizar?

Os diferentes modelos de Firewall existentes no mercado se adequam aos diversos cenários, tudo vai depender do tamanho e características da empresa e do sistema operativo.

É inegável que tanto o Firewall quanto o Filtro Web mantêm o ambiente da sua empresa seguro. Todos os dois são ótimos recursos que automatizam o controle de segurança, eliminando riscos e todos os tipos de ataques virtuais.

Para optar por uma das soluções, ou quem sabe a instalação das duas, é importante avaliar a atuação do negócio, os mecanismos já utilizados e as prioridades de acesso de cada usuário, dentre outros aspectos. Só assim é possível determinar a aplicação ideal para cada organização.

A recomendação é buscar uma empresa especializada nesse tipo de suporte, como a 4infra, para fazer análise da rede corporativa e indicar o melhor recurso.

Entre em contato com a gente!

Próximos Artigos
Deixe uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe este artigo

Assuntos Relacionados
HDD e SSD: saiba a diferença e qual usar no seu servidor
30 de agosto de 2021
Entenda a importância do RTO e RPO
27 de agosto de 2021
Conheça as vantagens da Rede Social Corporativa e Intranet
25 de agosto de 2021
Ataque DDoS: saiba como proteger sua empresa!
23 de agosto de 2021
1 2 3 111
chevron-down