(031) 3195-0580
4infra

Passo a passo para remover código de ransomware

Passo a passo para remover código de ransomware

O ransomware é um malware que impede que os usuários acessem os arquivos pessoais e o sistema central de um computador. Na maioria dos casos, quando o ransomware ocorre, é exigido um pagamento de resgate para a recuperação do acesso. 

O ransomware apresentou suas primeiras variantes no final da década de 1980, quando o pagamento pelo "sequestro de dados" era enviado por meio do correio tradicional. Atualmente, o resgate (ransom) é feito através de cartão de crédito ou criptomoeda.

Um dos métodos mais comuns de infecção em computadores é por meio de spam malicioso - que, por sua vez, geralmente aparece como um e-mail não solicitado, de conteúdo duvidoso, com o intuito de entregar o malware. Dentro do e-mail, encontram-se PDFs, documentos do Word ou links que contém armadilhas.

Mas, para diminuir sua preocupação, a boa notícia é que existem métodos para conseguir remover o código de ransomware, de forma eficiente, do seu dispositivo.

Tipos de ransomware

Existem três tipos principais de ransomware, que variam em níveis de severidade. 

São eles:

Scareware

O Scareware inclui trapaças em softwares de segurança e um suporte técnico fraudulento. A mensagem pode ser recebida via pop-up, onde existirá uma afirmação dizendo que o malware foi descoberto e que um pagamento é necessário. 

Se o usuário não fizer nada, é provável que continue recebendo pop-ups. Porém, seus arquivos estarão seguros. 

Bloqueadores de tela

Quando o ransomware de bloqueio de tela invade seu computador, o acesso ao computador está impedido. É provável que, ao iniciar o equipamento, uma janela apareça com o selo do Departamento de Justiça Americano, ou do FBI, com uma mensagem afirmando que foi detectada atividade ilegal e que o usuário deve pagar uma multa.

Contudo, vale lembrar que o FBI não impede o acesso ao computador ou pede qualquer pagamento devido às supostas atividades ilegais. Em casos de suspeita de crimes cibernéticos, a agência de inteligência e segurança do país em que os crimes são cometidos utilizam meios apropriados, e dentro da legalidade, para combatê-los.

Ransomware de criptografia

No caso do ransomware de criptografia, os arquivos são invadidos e criptografados. Um pagamento é exigido para que os dados sejam devolvidos. 

Esse tipo de ransomware é um dos mais perigosos, já que os criminosos tomam posse dos arquivos de forma que nenhum software ou sistema possa reparar o prejuízo.

Como remover ransomware

Se o malware for um scareware, é suficiente apenas entrar no Modo de Segurança do sistema operacional da máquina e rodar um antivírus. Contudo, caso o vírus impeça que o sistema seja executado, será necessário restaurar o sistema. 

Para iniciar a restauração, siga os passos a seguir:

No Windows 7:

  1. Ligue o computador e, assim que surgir a tela de inicialização, aperte a tecla F8 repetidamente. No equipamento irá aparece o menu de Opções Avançadas de Boot;
  2. Selecione a opção "Reparar Seu Computador";
  3. Crie um novo usuário de acesso. Preencha os campos com nome e senha;
  4. Em seguida, clique em "Restauração Sistema".

No Windows 8, 8.1 ou 10:

  1. Quando o computador iniciar a tela de login do Windows, pressione a tecla Shift e, em seguida, clique no ícone de energia selecionando "Restaurar";
  2. Posteriormente selecione as opções "Solução de Problemas", "Opções Avançadas"  e por último "Restauração de Sistema".

Se o problema persistir, abra um antivírus a partir de um disco externo ou pen drive, certificando-se de que a máquina não está conectada à internet. Em último caso, caso nenhuma alternativa funcione, a melhor solução é buscar um profissional para garantir a total segurança de seus dados e sistema. 

Assim, se deseja minimizar os riscos de ataques de ransomware, invista em segurança. Há empresas especializadas em oferecer serviços de prevenção a ameaças e invasões com soluções personalizadas a partir da consultoria de sua infraestrutura de TI.

4INFRA é uma delas - e pode fornecer tanto os serviços de prevenção e consultoria para o seu negócio quanto de recuperação de desastres. Se precisar, entre em contato conosco.


24 de dezembro de 2019

Próximos Artigos
Deixe uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe este artigo

Assuntos Relacionados
HDD e SSD: saiba a diferença e qual usar no seu servidor
30 de agosto de 2021
Entenda a importância do RTO e RPO
27 de agosto de 2021
Conheça as vantagens da Rede Social Corporativa e Intranet
25 de agosto de 2021
Ataque DDoS: saiba como proteger sua empresa!
23 de agosto de 2021
1 2 3 111
chevron-down