(031) 3195-0580
4infra

5 principais erros na integração de TI à sua empresa

5 principais erros na integração de TI à sua empresa

A integração de TI à sua empresa é uma das práticas mais fundamentais para o sucesso do negócio. A tecnologia da informação desempenha papel relevante em todas as áreas corporativas, sendo a maior responsável pela colaboração entre as equipes. Entretanto, o que se vê ainda são muitos gestores cometendo erros básicos na hora da integração de TI. Veja quais são os principais erros e como evitá-los!

Não se atentar aos usuários e suas necessidades

Em um negócio, a área de TI deve atender a todos os usuários da organização. Eles se dividem em internos (colaboradores da empresa) e externos (clientes), dependendo do produto ou serviço oferecido. Mesmo quando só existe o público interno, é preciso se atentar às suas necessidades.

Um dos erros na integração de TI é não dar a devida atenção aos usuários. Isso pode colocar em risco a produtividade da empresa. Imagine que diversos funcionários relataram problemas de indisponibilidade nos sistemas, mas que, por falta de integração, a questão só foi resolvida horas depois. É um baque para a lucratividade da organização.

Por isso, é preciso estar à disposição para ouvir a opinião e as queixas dos usuários para melhorar a oferta dos serviços de TI.

Conferir acesso indevido

A preocupação com a segurança da informação é também um ponto relevante para uma empresa. É preciso adotar práticas que protejam esse importante ativo estratégico, o que nem sempre ocorre. Um erro comum na integração de TI é conferir acesso indevido.

Há informações que somente podem ser acessadas por pessoas autorizadas, que podem lidar com informações sigilosas ou críticas. Porém, é comum vermos outros colaboradores solicitando acesso - e conseguindo - para resolver algum problema que apareceu na rotina.

Isso pode ter consequências graves para o negócio. O gestor de TI deve estabelecer boas políticas de acesso para garantir a segurança de seus sistemas e processos. Abrir exceções pode custar caro, especialmente diante de ataques cibernéticos cada vez mais elaborados.

Ter contrato com somente um fornecedor

Se por um lado, contar com o mesmo fornecedor de serviços de TI pode ser uma boa, devido aos preços sedutores, fácil integração entre os produtos e a reputação já conhecida, por outro pode ser uma grande erro. Quando há apenas um fornecedor, é possível que ele passe a ter controle significativo sobre os ativos de TI. E isso é uma questão chave.

É muito comum que, ao escolher um novo prestador, a empresa passe a ter problemas com o velho fornecedor, que dificulta a transição, adotando várias ações que podem prejudicar a organização. A migração para a nuvem é um grande exemplo disso, já que há dificuldade em migrar para a infraestrutura de um concorrente.

A saída é não se prender a somente um fornecedor de serviços. No caso da nuvem, é possível fazer parcerias com vários provedores, além de desenvolver práticas sólidas de gestão de tecnologia.

Não acompanhar as novidades

Utilizar tecnologias obsoletas em uma era de transformação digital é um erro assustador na integração de TI à empresa. Considerando que o ambiente da tecnologia da informação é extremamente dinâmico e lida diariamente com novidades, a organização não pode se manter cômoda com sua infraestrutura, sob pena de perder seu “poder de fogo” frente à concorrência.

Com o crescimento empresarial, a demanda por recursos de TI também aumenta, seja por parte dos clientes ou dos usuários internos. E utilizar soluções ultrapassadas pode ser uma grande trava para esse crescimento, já que, cada vez mais, as pessoas exigem uma resposta imediata do serviço.

Você se lembra quando o serviço de internet era discado? Imagine um negócio atual baseando sua conexão nesta modalidade, ao invés de utilizar fibra ótica e outras tecnologias mais apuradas?

A TI empresarial precisa ser dinâmica e acompanhar as tendências, e uma delas é a nuvem.

Não adotar a nuvem

A cloud computing é a tecnologia base de qualquer negócio atual. Se você ainda não migrou para a nuvem, esse é o maior erro na integração de TI da sua empresa. A TI tradicional já não consegue acompanhar as evoluções tecnológicas que presenciamos hoje, além de ser mais propensa a erros.

A nuvem confere diversas vantagens aos negócios, como escalabilidade, custo-benefício, segurança, recuperação de desastres, entre outras. Ela possibilita o desenvolvimento de aplicações funcionais ao negócio, melhora a produtividade das equipes e facilita a colaboração.

Os gestores empresariais devem adotar práticas para evitar esses erros na integração de TI à empresa para melhorar sua performance. Quer saber como a 4infra pode te ajudar a não errar neste momento? Veja o que nossa consultoria faz por você!


12 de agosto de 2018

Próximos Artigos
Deixe uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe este artigo

Assuntos Relacionados
HDD e SSD: saiba a diferença e qual usar no seu servidor
30 de agosto de 2021
Entenda a importância do RTO e RPO
27 de agosto de 2021
Conheça as vantagens da Rede Social Corporativa e Intranet
25 de agosto de 2021
Ataque DDoS: saiba como proteger sua empresa!
23 de agosto de 2021
1 2 3 111
chevron-down