(031) 3195-0580
4infra

Boas práticas de governança de TI

Boas práticas de governança de TI

A tecnologia da informação é uma área extremamente importante no meio corporativo. Suas inúmeras vantagens são essenciais para melhorar a produtividade interna, alcançar bons resultados financeiros e otimizar processos. 

Todavia, esses efeitos, quando decorrentes da tecnologia da informação, só podem ser alcançados caso seja feito um bom gerenciamento e metrificação da área. Daí surge a importância de uma boa governança de TI. 

A governança de TI diz respeito a uma série de práticas para alinhar os investimentos relacionados à informática - equipe técnica, hardwares e softwares - aos interesses da empresa.

Porém, esse setor é um tanto quanto complexo e requer as atenções necessárias. Nesse artigo, falaremos um pouco mais sobre a governança de TI e quais práticas devem ser seguidas para o bom funcionamento da mesma. 

O que é governança de TI?

A governança de TI, ou gestão da infraestrutura de TI, é uma subdivisão da governança empresarial. Sendo assim, trabalha como uma forma de gerência, determinando regras e políticas que vão direcionar os demais processos de tecnologia de informação. 

A governança de TI é aplicada da forma certa quando alinha os recursos tecnológicos às estratégias de negócio da própria empresa. Dessa forma, as chances de risco à organização são reduzidas.

Seu objetivo também é oferecer melhoria na produtividade, otimizando os processos e trazendo mais qualidade aos dados internos e externos. Além disso, é possível monitorar e antecipar possíveis problemas de produção da empresa - o que permite à equipe de TI agir de forma preventiva sempre que necessário. 

Na atualidade, praticamente todos os processos corporativos são intermediados pelas ferramentas de tecnologia da informação. Dessa maneira, a governança de TI é necessária para garantir a qualidade dos serviços e produtos. E, para que o setor atue da melhor forma, é preciso que as boas práticas de gestão sejam seguidas.

Boas práticas de governança de TI

Como falamos anteriormente, a governança de TI tem, como finalidade, melhorar a produtividade - seja da equipe, dos hardwares ou softwares em uso - e reduzir os riscos internos.

Porém, para que esse resultado seja alcançado, é essencial que algumas práticas de gerenciamento sejam seguidas. Para te auxiliar a entender em detalhes como implantar uma estratégia de governança de TI na sua empresa, separamos algumas dicas:

Defina as prioridades da empresa

Antes de qualquer coisa, a governança de TI busca o alinhamento entre os recursos direcionados à tecnologia da informação e as demandas empresariais, incluindo negócios, serviços e/ou produtos.

Então, a primeira coisa a ser feita é desenvolver um plano estratégico, especificando as prioridades e metas da corporação. Feito isso, as ações de TI têm mais chances de colaborar com a boa execução dos objetivos.

Integre os outros setores no processo

Uma empresa não se sustenta sozinha e, para isso, os diversos setores internos precisam estar interligados de alguma forma. Quando não existe comunicação entre as seções empresariais, as metas a serem traçadas podem se desviar e perder o foco principal. 

Uma boa governança de TI colabora com essa integração, gerando o alinhamento entre todos os setores da empresa.

Adicione canais de comunicação

Como dito no tópico anterior, uma boa comunicação é fundamental para manter clara a relação entre setores. Por isso, criar canais de conversa é interessante - e, ainda, facilita o diálogo entre os departamentos. 

A partir de um canal centralizado de comunicação, as normas de governança de TI serão de conhecimento geral. 

Mantenha uma equipe pequena

Quando a ideia de aperfeiçoar a governança de TI surge, o primeiro questionamento do gestor é sobre contratações e possibilidades técnicas para montar uma equipe excelente. Isso não está errado; mas, lembre-se: quantidade nem sempre é qualidade.

Quanto mais enxuta for a equipe, mais fácil (e estável) será o desenvolvimento de uma boa governança de TI, já que evita a perda de foco durante as reuniões e facilita a atribuição de responsabilidades para cada membro.

Determine o modelo ideal a ser cumprido

O modelo de governança de TI precisa ser determinado a partir da sua empresa. Funciona da seguinte maneira: se sua corporação é de grande porte, consequentemente, a estrutura de TI vai precisar suportar todas as demandas - tanto internas quanto de outras sedes.

Caso a empresa seja de pequeno porte, a abordagem de TI pode ser mais fácil e acessível. O importante é identificar a estrutura que mais se encaixa no modelo da organização e, claro, cumpri-lo, para que todos os setores se alinhem à ela.

A governança de tecnologia da informação é indispensável para o sucesso das empresas. Para isso, é importante seguir práticas de gerenciamento que tornem a rotina corporativa otimizada. 


Para conhecer um pouco mais sobre os principais assuntos de TI corporativo, conte com a 4Infra. Se precisar de ajuda, entre em contato com a nossa equipe e conheça os nossos serviços.


22 de abril de 2020

Próximos Artigos
Deixe uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe este artigo

Assuntos Relacionados
Phishing: saiba como evitar esse ataque 
27 de setembro de 2021
Segurança digital: 3 sinais para investir  
27 de setembro de 2021
Conheça a Data Mesh: a inovação na arquitetura de dados 
24 de setembro de 2021
Conheça o Xaas e saiba como aplicá-lo 
22 de setembro de 2021
1 2 3 114
chevron-down