(031) 3195-0580
4infra

SQL Injection: como se proteger?

SQL Injection: como se proteger?

SQL Injection é uma das vulnerabilidades de segurança mais antigas e perigosas da web. Trata-se de um tipo de ataque que permite ao invasor interferir nas consultas de um aplicativo que utilize um banco de dados.

Ele é baseado na manipulação do código SQL, linguagem utilizada para troca de informações entre aplicativos e bancos de dados relacionais, disponibilizando a execução de instruções SQL de más intenções. Tais instruções controlam um servidor de banco de dados por trás de um aplicativo. 

Em outras palavras, um ataque a partir de SQL Injection pode ter sérias consequências.

Quais são elas? 

Com os ataques de SQL Injection, os criminosos podem ter acesso a qualquer tipo de dado sigiloso mantido no servidor: dados pessoais, comerciais, informações de clientes ou mesmo senhas e detalhes de cartão de crédito. Isso tudo porque uma vulnerabilidade que permita o ataque pode afetar qualquer site que use um banco de dados SQL.

As vulnerabilidades também podem ser usadas pelos invasores para desconsiderar as medidas de segurança do aplicativo. Em determinadas situações, os criminosos também podem agir de forma a comprometer o servidor ou uma infraestrutura de back-end. 

Acessar os servidores com o SQL pode ser o primeiro passo para que, posteriormente, seja realizado o ataque à rede interna. Dependendo do nível de permissões disponíveis, é possível até instalar um ransomware em sistemas comprometidos.

Além disso, os invasores também podem:

- autenticar e autorizar um aplicativo ou página da web;

- recuperar o conteúdo do banco de dados;

- utilizar o ataque para adicionar, excluir e modificar, permanentemente, registros nos bancos de dados. 

Assim, em um aplicativo de finanças, por exemplo, um criminoso pode alterar saldos ou mesmo transferir dinheiro para outras contas. Em outras palavras, melhor não pagar, literalmente, para ver.

Como se proteger de ataques de SQL Injection

Tendo em vista as inúmeros consequências de um ataque de SQL Injection, é preciso adotar medidas de proteção para evitar que ele aconteça, mantendo em segurança o servidor e os dados da organização.

Para tanto, é preciso seguir alguns passos essenciais na gestão de TI da empresa. 

Identifique as consultas dinâmicas do ambiente

Em primeiro lugar, para se proteger dos ataques de SQL Injection, é importante identificar as possíveis portas de entrada da invasão. Assim, fica mais fácil identificar as formas de proteção e aplicá-las corretamente. 

O processo de identificação pode ser feito pela equipe de sistemas, varrendo o código-fonte. 

Mantenha as credenciais do banco de dados separadas e criptografadas 

Ao armazenar credenciais do banco de dados, avalie o quanto essa ação pode ser prejudicial a longo prazo. A dica é usar um arquivo separado e criptografado para a armazenagem. Ele vai prover mais segurança e, no mínimo, "dificultar" o trabalho dos invasores. 

Procure validar a entrada do usuário

Ao procurar validar a entrada do usuário, somente as entradas que passarem por tal procedimento poderão ser processadas no banco de dados. Ou seja, é uma forma de verificar, em tempo real, quem está tentando acessar - e, assim, identificar invasores com mais rapidez. 

Utilize procedimentos armazenados

Os procedimentos armazenados adicionam uma camada de segurança ao banco de dados. Eles fazem com que o aplicativo trate a entrada como base de dados a serem operados, em vez de código SQL a ser executado. 

Por isso, dê prioridade aos procedimentos armazenados que deixarão seu banco de dados mais seguro.

Limite privilégios

Conectar o banco de dados a uma conta com acesso root pode fazer com que os invasores tenham acesso a todo o sistema. Então, a melhor opção é usar uma conta com privilégios limitados.

Oculte informações das mensagens de erro

As mensagens de erro com muitas informações acabam sendo úteis para que invasores entendam - e aprendam - mais sobre o banco de dados e seu funcionamento. Sendo assim, procure apresentar apenas as informações indispensáveis, deixando a mensagem genérica. 

Atualize o sistema 

Atualizar o sistema para a versão mais recente é imprescindível para evitar as vulnerabilidades. Lembre-se: um ponto fraco que pode ser explorado em um ataque SQL Injection, na maior parte das vezes, é um erro de programação. 

Em resumo, adotar medidas de proteção é essencial para manter os dados de uma corporação ou sistema em segurança. Não sabe como começar? A 4Infra pode te ajudar, dando suporte à sua empresa. Entre em contato e conheça nossos serviços!

Próximos Artigos
Deixe uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe este artigo

Assuntos Relacionados
HDD e SSD: saiba a diferença e qual usar no seu servidor
30 de agosto de 2021
Entenda a importância do RTO e RPO
27 de agosto de 2021
Conheça as vantagens da Rede Social Corporativa e Intranet
25 de agosto de 2021
Ataque DDoS: saiba como proteger sua empresa!
23 de agosto de 2021
1 2 3 111
chevron-down