(031) 3195-0580
4infra

Metodologia Scrum: tudo que você precisa saber

Metodologia Scrum: tudo que você precisa saber

Aqui no blog da 4infra, já falamos sobre metodologias ágeis em outros momentos. Hoje, falaremos da metodologia Scrum, queridinha de muitas equipes de TI.

A metodologia Scrum é uma metodologia ágil para gestão de projetos e planejamento de projetos de software. 

O termo, popular, foi desenvolvido por Jeff Sutherland, um piloto de aeronáutica que tinha como objetivo entender como tornar o desenvolvimento de processos e projetos mais ágil.

Antes de entender mais sobre Scrum, porém, precisamos voltar um pouco e abordar as metodologias ágeis. Existem várias metodologias, cada uma com seus processos. 

O que são metodologias ágeis? 

As metodologias ágeis são um conjunto de técnicas e pilares que possuem como objetivo melhorar a gestão dos projetos e oferecer mais rapidez, flexibilidade e eficiência, sem deixar de lado a escalabilidade.

Para as metodologias ágeis, é importante a melhoria contínua dos processos, os feedbacks constantes, e as entregas rápidas mas com qualidade, flexibilidade e adaptabilidade.

Existem diversos tipos de metodologias ágeis. As mais populares são a metodologia Scrum (o que vamos abordar hoje!), o KANBAN, XP e Lean. 

Todas elas, porém, utilizam como pilares os fundamentos abaixo: 

1- pessoas são mais importantes do que ferramentas;

2- funcionamento é mais importante que burocracias;

3- a flexibilidade é mais importante do que o plano original;

4 - parcerias são mais importantes que contratos.

O que é Scrum? 

O método Scrum propõe a divisão de projetos em pequenos ciclos de atividades, para melhor acompanhamento das etapas que compõem o projeto.

Por isso, os projetos no Scrum são divididos em ciclos denominados sprints (podem ser mensais ou quinzenais). O sprint representa um conjunto de atividades a serem feitas naquele tempo. 

Durante o sprint são feitas reuniões diárias (comumente chamadas de “daily sprint”, ou apenas “daily”) que tem como objetivo alinhar a equipe em relação ao trabalho que foi desenvolvido no dia anterior.

É também uma boa oportunidade para identificar empecilhos e dificuldades que possam estar atrasando o desenvolvimento do projeto. Com o acompanhamento de perto, fica mais fácil resolver possíveis problemas.

Ao final de cada sprint, a equipe se reúne para compartilhar os avanços e insights desenvolvidos durante o período de trabalho. Após esse compartilhamento, o ciclo se reinicia, com foco em novas atividades.

Vantagens do Scrum

Trabalhar com a metodologia Scrum oferece muitas vantagens, principalmente às equipes de TI. As principais são:

#1. Motivação

Equipes motivadas são mais produtivas, buscam soluções inovadoras e diminuem a rotatividade na empresa. O método Scrum aumenta muito a motivação dos funcionários, já que observar atentamente projetos sendo desenvolvidos traz sensação de realização.

#2. Transparência

O método Scrum traz mais transparência aos processos. Com reuniões diárias e tarefas devidamente segmentadas, o gestor pode perceber mais facilmente como andam os processos e quais são as falhas existentes.

#3. Redução de falhas

A terceira vantagem é uma consequência da segunda! Com mais transparência nos processos, as equipes conseguem identificar gargalos e falhas com mais facilidade, atuando diretamente em cima dos problemas.

O resultado são menos erros ao longo dos sprints e mais espírito de resolução. 

#4. Espírito de equipe

Na metodologia Scrum, os projetos são desenvolvidos em equipe e as tarefas são segmentadas. Por isso, os servidores têm mais facilidade de perceber seu papel para o desenvolvimento e andamento das tarefas. 

Isso cria nos funcionários o espírito de equipe, e incentiva a cooperação mútua e a colaboração. 

Papéis fundamentais na metodologia Scrum

Equipes de Scrum são compostas basicamente por três papéis:

  • Product Owner;
  • Scrum Master;
  • Time de desenvolvimento.

O Product Owner é o responsável por decidir o que será feito e qual a ordem de prioridade. É o servidor responsável pelo sucesso global do projeto e comunica à equipe uma visão clara de quais são os objetivos de cada sprint.

Já o Scrum Master é responsável por executar a liderança do processo e ajudar a equipe de Scrum a desenvolver sua própria abordagem da metodologia.

O time de desenvolvimento, por sua vez, é a equipe multidisciplinar que realizará tarefas dentro do sprint. É importante que a equipe se autogerencie, mas o Scrum Master deve também fazer seu papel de liderança.

A metodologia Scrum pode trazer várias vantagens para o desenvolvimento de projetos em TI. Quer saber mais e continuar aplicando as dicas da 4infra? É só continuar lendo o nosso blog! 


5 de julho de 2021

Próximos Artigos
Deixe uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe este artigo

Assuntos Relacionados
HDD e SSD: saiba a diferença e qual usar no seu servidor
30 de agosto de 2021
Entenda a importância do RTO e RPO
27 de agosto de 2021
Conheça as vantagens da Rede Social Corporativa e Intranet
25 de agosto de 2021
Ataque DDoS: saiba como proteger sua empresa!
23 de agosto de 2021
1 2 3 111
chevron-down