(031) 3195-0580
4infra

Onde a análise de redes corporativas mais impacta uma empresa

Onde a análise de redes corporativas mais impacta uma empresa

Se você entende que as informações são um dos ativos mais importantes de uma empresa, sabe que o maior impacto da análise de redes corporativas se dá na segurança.

Uma má gestão de redes é permeada por desconhecimento ou erros humanos, assim como por decisões pouco ponderadas que colocam em risco toda a infraestrutura de redes.

Considerando que o problema de cybersegurança no Brasil tem aumentado, é cada vez mais importante assegurar que os dados estão bem protegidos e que a infraestrutura é segura. Daí a importância da análise de redes corporativas. Acompanhe!

A análise de redes corporativas

A análise de redes corporativas é uma das medidas voltadas para a segurança da informação. Por meio dela, entende-se a infraestrutura utilizada pela empresa para determinar soluções e recursos que vão potencializar e assegurar o ambiente físico e virtual.

Para fazer uma análise de redes corporativas eficiente, é preciso:

  • Realizar um diagnóstico da infraestrutura de TI para identificar a necessidade de expansão e aprimoramento de práticas;
  • Identificar o potencial de desempenho e as vulnerabilidades para aumentar a segurança dos dados e do ambiente;
  • Analisar os relatórios de tráfego na rede para identificar as causas de interrupções de rede, gargalos e vazamentos de segurança.
  • Criar um plano estratégico a partir das informações coletadas.

A influência da análise de redes corporativas na segurança empresarial

Uma rede corporativa é a estrutura fundamental de uma empresa. Ela contribui para o fluxo de informações e para a produtividade das equipes, desde que esteja organizada e bem configurada tecnicamente. Para atestar se ela é eficiente e segura, realiza-se a análise de redes corporativas.

Quando, por meio desse mapeamento, se constata falhas de configuração ou segurança, é preciso acender o sinal amarelo. A empresa está, provavelmente, vulnerável a ameaças cibernéticas, e a rede seria uma “porta de entrada” para a propagação delas, colocando em risco a segurança de dados corporativos.

Lembra-se do “Bad Rabbit”, que roubou dados de diversos países do Leste Europeu? A origem do ataque foi o usuário, que não adotou práticas seguras e que tinha acesso a arquivos sensíveis, dois indicativos de redes mal gerenciadas.

Diante desses problemas, a análise de redes corporativas se mostra como uma medida eficaz de prevenção, já que ela monitora os diferentes ativos de TI para avaliar o estado de segurança que eles apresentam. Servidores, switches, firewalls, controle de permissões, tudo passa por essa análise, que também garante mais visibilidade sobre a rede.

O perigo do roubo de informações

Para entender a importância da análise de redes corporativas na segurança da informação, basta dizer que o Brasil está entre os países mais vulneráveis do mundo, conforme o estudo Cost of Data Breach Study 2016, realizado pelo Instituto Ponemon.

De acordo com dados coletados, o número de roubo de informações aumentou 2.100% (de 3.900 para 85.400) e gerou um prejuízo de R$ 4,1 milhões para as empresas brasileiras.

No país, o estudo considerou 33 empresas de 12 setores diferentes da indústria. Sem contar o valor do custo médio por ocorrência de violação de dados, que atualmente é maior do que R$ 225,00.

Dentre as causas mais comuns apontadas pelo relatório, estão as tentativas de ciberataques de terceiros (40%), negligência e falta de gestão das informações (30%) e falhas humanas (30%). Se, porém, houvesse uma análise de redes corporativas eficiente, isso poderia ser resolvido quase que completamente.

Especialmente se considerarmos que as medidas preventivas passam por ampliar o uso de dados criptografados, adotar procedimentos manuais e controles adicionais de segurança, treinar e conscientizar as equipes, realizar a segurança e controlar perímetro e navegação.

Como a análise envolve mapear desempenho e vulnerabilidades do ambiente, bem como analisar os relatórios de tráfego, sua consequência maior é aumentar a segurança da infraestrutura de TI.

Se você está preocupado com o roubo de informações em sua empresa e com outros problemas de segurança, saiba que uma boa análise de redes corporativas é uma prática eficaz para prevenir os incidentes. Para tanto, procure auxílio de uma empresa especializada em TI para fazer o mapeamento e indicar as melhores soluções!


21 de agosto de 2018

Próximos Artigos
Deixe uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe este artigo

Assuntos Relacionados
HDD e SSD: saiba a diferença e qual usar no seu servidor
30 de agosto de 2021
Entenda a importância do RTO e RPO
27 de agosto de 2021
Conheça as vantagens da Rede Social Corporativa e Intranet
25 de agosto de 2021
Ataque DDoS: saiba como proteger sua empresa!
23 de agosto de 2021
1 2 3 111
chevron-down